• Por: Yuri Salso - Publicado em 02/04/2018 11h48 - Atualizado em 02/04/2018 12h51
Quem pretente participar do concurso público do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT 15) para técnico e analista, em diversas especialidades, tem até as 14h desta quarta-feira, dia 4 de abril, para se inscrever na página eletrônica da instituição organizadora, a Fundação Carlos Chagas (FCC). As taxas custam R$ 80 para técnico e R$ 95 para analista. 
 
O TRT 15 possui sede em Campinas e jurisdição em quase todo o interior do estado de São Paulo. O concurso visa preencher duas vagas imediatas, além de formar de cadastro reserva (CR) que será utilizado durante a validade do concurso (dois anos, podendo ser prorrogado por igual período).
 
A expectativa é que durante a validade do concurso TRT 15 sejam efetuadas muitas contratações, o que já é uma tradição no órgão. Na última seleção para técnicos e analistas, realizada em 2013, o Tribunal da 15ª Região convocou 566 candidatos da lista geral para duas vagas.
 

Áreas de atuação, escolaridade e vencimentos

 

Técnico Judiciário

Área Administrativa: ensino médio; ganhos iniciais de R$ 7.592,53; CR. 
Área Administrativa (Especialidade Segurança): ensino médio; ganhos iniciais de R$ 8.650,18; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade Enfermagem): ensino médio e curso técnico; ganhos iniciais de R$ 7.592,53; 1 vaga.
 

Analista Judiciário

Área Judiciária (Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal): curso superior em Direito; ganhos iniciais de R$ 13.626,13; CR.
Área Judiciária: curso superior em Direito; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Administrativa: curso superior em qualquer área; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade Arquitetura): curso superior em Arquitetura; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade História): curso superior em Arquitetura; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade Medicina): curso superior em Medicina; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; 1 vaga.
Área Apoio Especializado (Especialidade Medicina / Psiquiatria): curso superior em Medicina, com Pós-graduação em Psiquiatria; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade Odontologia): curso superior em Odontologia; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
Área Apoio Especializado (Especialidade Psicologia): curso superior em Psicologia; ganhos iniciais de R$ 11.890,82; CR.
 

Provas

 
Com aplicação prevista para 27 de maio nas cidades de Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba, o processo seletivo contará com provas objetivas, discursivas, redação e estudo de caso. 
 
Como as provas serão em horários distintos (período da manhã para técnico e na parte da tarde para analista), será possível disputar as oportunidades nos dois cargos.
 
O conteúdo programático contém Língua Portuguesa, Regimento Interno, Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência, Raciocínio Lógico/Matemático, Lei 8.112/1990 e Conhecimentos Específicos. 
 
Os concorrentes a técnico judiciário - especialidade segurança também realizarão prova prática de capacidade física, no dia 23 de setembro, em Campinas.
 

Jurisdição TRT 15

 
Além de Campinas, o TRT da 15ª Região possui jurisdição em diversas cidades do estado de São Paulo, exceto a região metropolitana da capital, a região metropolitana da baixada santista e Ibiúna. Sua jurisdição atinge 599 municípios paulistas, ou seja, cerca de 95% do território do Estado.
 
Ao efetuar a inscrição no concurso TRT 15, o candidato escolherá o polo no qual ele quer trabalhar e concorrerá às vagas da cidade-sede e também das demais cidades que fazem parte da mesma circunscrição. As sedes de cada polo são: Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.
 
 

Outras Notícias