Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 14/12/2017 11h56 - Atualizado em 14/12/2017 13h08
TRT Concurso Público
 
Quase ninguém dá muita atenção ao prazo de validade de um concurso público. É difícil imaginar que depois de um ou dois anos, ainda sobrará uma ou outra vaga para os concurseiros do final da fila. Não à toa, muita gente deixa de conferir as listas e perde o prazo para assumir o cargo. Mas, quando se trata dos concursos do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, é bom ficar ligado. 
 
No último certame, o edital, publicado em dezembro de 2013, anunciou 329 vagas. Mas o número de convocados desde então chegou a 1.608 candidatos aprovados – e o órgão ainda espera 24 pessoas aparecerem para tomar posse até março, quando vence o concurso.
 
A partir de 2018, essa fila deve recomeçar a andar do zero. Isso porque, durante Sessão Administrativa do Órgão Especial, o TRT confirmou a realização de um novo certame. E o edital não deve demorar a sair, já que o concurso anterior está prestes a expirar. De acordo com o Portal da Transparência, o TRT tem 264 cargos vagos, sendo 160 de técnicos e 104 de analista.
 
Mesmo assim, por enquanto, ainda não há informações concretas sobre a quantidade de vagas. Ou sobre as datas de publicações do edital ou de realização das provas. Mas sabe-se que haverá vagas para analista judiciário, que exige nível superior, e para técnico judiciário, que cobra dos candidatos apenas ensino médio completo. Atualmente, somando salários e benefícios, os ganhos mensais são de R$ 7.592,53 para técnico e R$ 11.890,82 para analista.
 

Último concurso TRT 2

 
As oportunidades de ensino médio foram para técnicos nas áreas administrativa (190 vagas), área administrativa – especialidade segurança (29), área apoio especializado – especialidade tecnologia da informação (09) e área de apoio especializado – especialidade enfermagem (02).
 
Para analistas, as opções foram para a área judiciária (62), área administrativa (02), área judiciária - especialidade oficial de justiça avaliador federal (10), área apoio especializado – especialidade tecnologia da informação (11), área apoio especializado – especialidade medicina (cadastro), área apoio especializado - especialidade medicina do trabalho (01), área apoio especializado -  especialidade psicologia (01), área apoio especializado -especialidade enfermagem (02) , área apoio especializado - especialidade arquivologia (01) e área apoio especializado - especialidade engenharia (02).
 
O processo seletivo foi organizado pela Fundação Carlos Chagas e contou com provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos e, para a maioria das áreas, foi necessária também a elaboração de uma redação.
 

Curso preparatório

 
Para que você seja um dos aprovados no concurso TRT 2, é necessária uma preparação com antecedência. Matricule-se no curso preparatório da Central de Concursos e tenha o apoio pedagógico ideal para tirar todas as suas dúvidas.
 
 
 
 
blog

Outras Notícias