Central de Concursos
  • Publicado em 10/12/2013 11h28
O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2), com sede em São Paulo, publicou nesta terça-feira, dia 10, o edital de seu concurso público para os cargos de técnico e analista. O documento está disponível no Diário Eletrônico do TRT2. A oferta da seleção é de 329 vagas, com destaque para os cargos de técnico da área administrativa, com 190 vagas e analista da área judiciária, com 62. As inscrições começam na próxima quarta-feira, dia 18 e vão até o dia 17 de janeiro.

As remunerações são de R$ 4.635,03 para técnico e R$ 7.566,42 para analista, com exceção dos cargos de técnico da área administrativa da especialidade de segurança do trabalho, que conta com vencimentos de R$5.623,49. E o Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, com remuneração de R$ 9.188,20.

Para concorrer a analista da área judiciária é necessário ensino superior em direito, já para apoio especializado é necessário curso superior na área de atuação. Para analista na área administrativa é necessário nível superior em qualquer área.

O cargo de técnico conta com exigência de nível médio completo. Para a área de segurança ainda é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo de categoria “D”, enquanto para área de tecnologia da informação a exigência é de curso técnico na área de informática.

Os candidatos interessados podem se inscrever pela internet, no site da organizadora do concurso, a Fundação Carlos Chagas. As taxas de inscrição são de R$62 para técnicos e R$75 para analistas.

O concurso será composto por provas objetivas e discursivas (redação), para todos os cargos, com aplicação prevista para o dia 23 de fevereiro em dois horários. Na parte da manhã farão o exame os candidatos a técnico, e na parte da tarde os candidatos a analista. Candidatos a técnico da área administrativa da especialidade de segurança do trabalho ainda farão prova física e de direção nos dias 10 e 11 de maio.

O concurso é válido por dois anos, contados a partir da data de homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

Clique aqui e confira o edital!
Fonte: Folha Dirigida
blog

Outras Notícias