Central de Concursos
  • Publicado em 11/06/2013 09h23
O concurso do TRF-3a poderá ser acelerado. Isto porque, na última quinta, 6, o Congresso Nacional aprovou a PEC – Proposta de Emenda Constitucional – que visa a criação de quatro novos tribunais, a saber:

6a. Região com sede em Curitiba;
7a. Região com sede em Belo Horizonte;
8a. Região com sede em Salvador;
9a. Região com sede em Manaus.

O documento dá prazo de seis meses para a instalação desses tribunais a contar da promulgação da emenda constitucional, o que colaborará para acelerar o concurso do TRF-3a. Porém, independente da PEC, o concurso continua com edital previsto para julho e poderá haver um aumento das oportunidades que será definido no fechamento do edital. Está confirmado, porém que as vagas de técnico na área administrativa terá uma oferta maior de oportunidades.

De acordo com a Agência Senado, cada tribunal poderá contar com até três mil servidores.

Outra notícia interessante é que com a aprovação da PEC, o TRF-3a passará englobar apenas São Paulo, já que Mato Grosso integrará a 6a. Região.

O concurso oferecerá cargos de técnico (ensino médio-R$ 4.703,08) e analista (superior – R$ 7.261,52). Além dos cargos já confirmados de técnico na área administrativa e analista na área judiciária (superior em Direito), haverá chances para a área de apoio especializado e serviços. Nesses casos, exigências específicas poderão ser cobradas.

Os benefícios oferecidos são: vale-transporte, reembolso parcial de creche, participação na assistência médico-hospitalar (e dependentes) e adicional de qualificação.

A organização do concurso ficará a cargo da Fundação Carlos Chagas.
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias