Central de Concursos
  • Publicado em 24/09/2014 00h00

TJ-SPFoi publicado na tarde desta terça-feira dia 23, o edital de escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo. Serão 471 vagas que abrangem a capital e a região metropolitana. Para a cidade de São Paulo foram destinadas 400 vagas. As inscrições começam nesta quarta-feira (24), no site da Fundação Vunesp e seguem até 24 de outubro. A taxa é de R$50.
A remuneração inicial do cargo é de R$4.848,07, e para concorrer é necessário ter o segundo grau de escolaridade completo.
A prova objetiva está prevista para o dia 7 de dezembro, e será composta por 100 questões, divididas em três blocos. O primeiro é composto por Língua Portuguesa e conta com 24 questões. Com 36 questões o segundo bloco conta com noções de Direito (Penal, Processual Penal, Processual Civil, Constitucional, Administrativo e Normas da Corregedoria Geral de Justiça), O terceiro e último bloco é o de conhecimento gerais, que conta com 40 questões, divididas entre as disciplinas de Atualidades (4), Informática (16), Raciocínio Lógico (10) e Matemática (10). Para ser aprovado o candidato deve acertar no mínimo 50% das questões de cada bloco. Serão convocados para a prova de digitação, equivalente a segunda fase, os primeiros 1.200 candidatos da lista da capital, e os primeiros 100 para as listas das outras circunscrições.
As contratações serão de acordo com o regime estatutário. Além das vagas iniciais, outras poderão ser preenchidas durante o prazo de validade do concurso público, que será de um ano, podendo ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.
A publicação dos editais para interior e litoral dependem do parecer do Conselho nacional de Justiça (CNJ) sobre as petições de candidatos que pedem a prorrogação do último concurso de escrevente. A decisão, porém, deve demorar algumas semanas devido ao grande número de pedidos de liminar recebidos. De acordo com a assessoria de imprensa do CNJ os pedidos serão julgados em conjunto, por se tratarem do mesmo assunto. Somente até após a decisão o TJ/SP poderá definir a oferta de vagas e o cronograma da seleção para as outras nove regiões.

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias