Central de Concursos
  • Por: JC Concursos - Publicado em 16/09/2015 10h48
A Telecomunicações Brasileiras (Telebras) lançou edital de concurso público para o preenchimento de 41 vagas imediatas, além de oportunidades para cadastro de reserva (CR), em cargos de níveis médio e superior. Do total de ofertas, duas são reservadas para pessoas com deficiência e sete para candidatos negros.
 
Para ser técnico em gestão de telecomunicações na ocupação de assistente técnico (4 + CR) é necessário ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de nível médio de curso técnico em telecomunicações, eletrônica ou eletrotécnica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe específico. O salário para a profissão corresponde a R$ 2.612,64.
 
Curso superior e registro no respectivo órgão de classe são os requisitos para a carreira de especialista em gestão de telecomunicações nas seguintes ocupações: advogado (1 + CR); contador (4 + CR); analista superior – administrativo (7 + CR); analista superior – auditoria (2 + CR); analista superior – comercial (7 + CR); analista superior – estatística (1 + CR); analista superior – finanças (2 + CR); engenheiro – engenharia civil (4 + CR); engenheiro – engenharia da computação (1 + CR); engenheiro – eletricista ou eletrônico (2 + CR); engenheiro – engenharia de redes (3 + CR); e engenheiro – engenharia de telecomunicações (3 + CR). Os postos de nível superior apresentam remuneração de R$ 6.929,58.
 
Todas as oportunidades do concurso da Telebras são para trabalhar 40 horas semanais e, além do salário, oferecem benefícios de auxílio creche; benefício-farmácia; plano de previdência complementar, opcional; e ticket alimentação/refeição.
 
Como participar
 
As inscrições no concurso devem ser realizadas a partir das 10h do dia 21 de setembro até 6 de outubro pelo site do Cespe (www.cespe.unb.br/concursos/telebras_15), organizador do certame. As taxas de participação no valor de R$ 90 (nível médio) e R$ 140 (nível superior) podem ser pagas até 21 de outubro.
 
Processo seletivo
 
Os inscritos farão provas objetivas e discursivas no dia 15 de novembro em Brasília/DF, nos turnos da manhã (nível superior) e da tarde (nível médio), com duração de quatro horas e trinta minutos. 
 
De acordo com o edital do concurso, o exame objetivo terá 120 questões de múltipla escolha. Para os cargos de nível superior haverá perguntas sobre conhecimentos básicos (língua portuguesa, língua inglesa, legislação específica do setor de telecomunicações brasileiro, licitações e contratos, noções de direito administrativo e noções de informática, de acordo com o cargo) e conhecimentos específicos. Já para o emprego de nível médio, o teste versará sobre língua portuguesa, matemática, noções de informática, ética no serviço público e telecomunicações.
 
A avaliação dissertativa consistirá na redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca de tema relacionado aos conhecimentos específicos de cada cargo.
 
Haverá, ainda, prova de títulos para os postos de nível superior
 
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias