• Publicado em 17/12/2018 13h20 - Atualizado em 03/01/2019 17h19
Está formada a comissão responsável pelo concurso público da São Paulo Previdência (SPPrev), órgão vinculado à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz/SP). O certame com 91 vagas foi oficialmente autorizado pelo então governador Márcio França, no dia 15 de dezembro de 2018, por meio de publicação no Diário Oficial do Estado.
 
Com o concurso autorizado, os próximos passos são: elaborar o projeto básico do edital, definir a banca organizadora da seleção e a publicação do edital, o que deve ocorrer durante o primeiro semestre de 2019.
 
 

DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS E REMUNERAÇÕES

 
 
Do total de 91 oportunidades autorizadas, 77 são destinadas ao cargo de técnico previdenciário, com exigência de nível médio. O vencimento inicial é de R$ 1.724,99, podendo chegar a R$ 3.060,15 com as progressões salariais.
 
As outras 14 vagas são para a carreira de analista previdenciário, função que exige que o candidato possua nível superior em qualquer área. Os vencimentos iniciais ficam em torno de R$ 4.682,11. De acordo com a tabela de remuneração da Secretaria de Planejamento e Gestão, o valor pode chegar a R$ 8.306,11.
 
 

ÚLTIMO CONCURSO SPPREV

 
Realizado em 2012, o último concurso SPPrev foi organizado pela Fundação Carlos Chagas. Foram 22.208 inscritos para um total de 202 vagas, distribuídas pelas cidades de São Paulo, Araçatuba, Bauru, Taubaté, Santa Rita do Passa Quatro, São José do Rio Preto, Campinas, Sorocaba e Jales. 
 
A seleção para técnico contou com uma prova objetiva, constituída de 60 questões sobre conhecimentos básicos (30) e de conhecimentos específicos (30).
 
Para o cargo de analista, o processo seletivo foi feito por meio de prova objetiva com 70 questões sobre língua portuguesa (20) e conhecimentos específicos (50). Além do teste, a função também contou com avaliação de títulos.
 

Outras Notícias