Central de Concursos
  • Por: Folha Dirigida - Publicado em 18/07/2015 09h37
A segurança pública no Estado de São Paulo contará com um grande número de concursos a partir deste semestre, que serão destinados aos níveis médio e superior. A expectativa é que sejam preenchidas 5.176 vagas, sendo 3.176 para a Polícia Civil e 2 mil para a Polícia Militar. Das vagas, 2.637 somente para os cargos de nível médio. No caso da PM-SP, o concurso já está autorizado e conta com edital previsto para ser publicado entre outubro e novembro, como informou a Divisão de Alistamento e Seleção da corporação. Para a Polícia Civil, a expectativa é que a autorização saia nas próximas semanas, para que o órgão inicie a elaboração dos editais.
 
Cargos
 
Para a PM-SP toda oferta será destinada ao cargo de soldado 2ª classe. Quando o concurso foi autorizado, foram liberadas 3.741 vagas para seleção, mais as que viessem a surgir. Desta forma, a PM-SP disponibilizou 2 mil vagas no primeiro concurso, iniciado no primeiro semestre. Para o próximo, além das 1.741 vagas restantes, foram consideradas as saídas e aposentadorias, fazendo com que a oferta chegasse a 2 mil vagas. O cargo conta com vencimentos de R$2.929,27, já incluso o adicional de insalubridade, no valor de R$571,51. A exigência é de ensino médio completo, CNH nas categorias “A” e “B” e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60 para mulheres.
 
Já para a Polícia Civil a oferta será dividida entre 13 carreiras, sendo oito de nível médio e cinco de nível superior. Neste caso existe a possibilidade de que parte das 3.176 vagas seja destinada ao aproveitamento de remanescentes dos concursos em andamento. Os cargos que não estiverem na última série devem contar com todas as suas vagas reservadas para o novo concurso, casos de agente policial (249 vagas), agente de telecomunicações (252) e auxiliar de papiloscopista (136), todos com exigência de nível médio completo. Entre as vagas solicitadas pela Polícia Civil ao governador ainda estão outras 214 para cargos de nível médio distribuídas entre as carreiras de atendente de necrotério, auxiliar de necropsia, papiloscopista, desenhista e fotógrafo técnico pericial. Para nível superior são 2.325 oportunidades, divididas entre perito, médico legista, investigador, escrivão e delegado. As remunerações variam de R$3.365,11 a R$10.079, já incluso o adicional de insalubridade, no valor de R$571,51, reajustado no mês de março.
 
Processo seletivo
 
Ambos os órgãos contam com diversas fases, que incluem prova objetiva, testes físicos e testes psicológicos, além de investigação social, por se tratarem de órgãos da área de segurança. No caso da Polícia Civil, alguns cargos contam com prova escrita, análise de títulos e prova oral.
 
Organizadora
 
A organizadora dos concursos ainda não foi definida, mas a Fundação Vunesp desponta como favorita para todas as seleções. A instituição foi responsável por todos os concursos realizados pelas policiais desde 2012, quando os concursos da Polícia Civil deixaram de ser organizados pela Acadepol nas primeiras fases. Desde então o órgão já realizou duas séries de concursos, que contarão com vagas para diversas carreiras. No caso da PM, a Vunesp vem realizando tanto concursos para soldado quanto para ingresso nos cursos de formação de oficiais da Academia do Barro Branco. 
 
blog

Outras Notícias