Central de Concursos
  • Publicado em 18/06/2013 13h30
Foi publicado nesta terça-feira, dia 18 de junho, o edital do concurso para o Ministério das Relações Exteriores, destinado à admissão na carreira de diplomata.

Serão oferecidas 30 vagas (sendo duas para deficientes) para ingresso no Instituto Rio Branco, responsável pela seleção e treinamento dos diplomatas brasileiros que trabalharão no Itamaraty, sede do ministério.

Para concorrer é preciso ter nível superior completo em qualquer área. O salário é de R$13.996,19, já incluídos R$373 de auxílio-alimentação.

As inscrições serão abertas dia 25 de junho, com atendimento aos interessados até 9 de julho, no site do Cespe/UnB: www.cesp.unb.br. A taxa será de R$160.

O concurso terá quatro fases, que serão realizadas simultaneamente nas cidades de Aracaju/SE, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Macapá/AP, Maceió/AL, Manaus/AM, Natal/RN, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Recife/PE, Rio Branco/AC, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES.

Primeira etapa: prova objetiva, marcada para 18 de agosto, com questões de Português, História do Brasil, História Mundial, Geografia, Política Internacional, Inglês, Noções de Economia e Noções de Direito e Direito Internacional Público.

Segunda etapa: avaliação discursiva de Português. Ela está marcada para 15 de setembro e exigirá um redação, com a extensão de 600 a 650 palavras, além de dois exercícios de interpretação, de análise ou de comentário de textos, com a extensão de 120 a 150 palavras cada um.

Terceira etapa: provas discursivas de História do Brasil, Geografia, Política Internacional, Inglês, Noções de Economia e Noções de Direito e Direito Internacional Público são parte da terceira fase - agendadas para 26 e 27 de outubro, além de 2, 3, 9 e 10 de novembro.

Quarta e última fase: provas escritas de Espanhol e Francês, previstas para 10 de novembro.

Inicialmente, os aprovados na seleção ingressarão na classe de terceiro secretário, podendo ser lotados em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Belém, onde ficam os escritórios de representação regional. Depois disso, poderão ser promovidos a outras cinco classes da carreira: segundo secretário, primeiro secretário, conselheiro, ministro de segunda classe e ministro de primeira classe (embaixador). O prazo de validade do concurso será de 30 dias, a contar da data de publicação do resultado final, sem possibilidade de prorrogação.

Fonte: Folha Dirigida
blog

Outras Notícias