• Por: Yuri Salso - Publicado em 10/05/2019 12h57 - Atualizado em 04/06/2019 12h37

Concursos SME-SP 2019

Concurso SME SP 2019: editais publicados para cargos de auxiliar técnico de educação e coordenador pedagógico

 

Em setembro do ano passado foram publicadas as portarias autorizativas de dois novos concursos públicos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME SP): uma com 1.109 vagas para o cargo de auxiliar técnico de educação e outra com 628 vagas para coordenador pedagógico, totalizando 1.737 vagas para a área da educação no estado de São Paulo.

E após definir a Fundação Vunesp como organizadora da seleção no início de maio, nesta terça-feira (28) foi a vez da Secretaria de Educação publicar no Diário Oficial do Estado os editais de abertura do aguardado concurso SME SP.

Edital concurso SME SP (Auxiliar Técnico de Educação)
 

Edital concurso SME SP (Coordenador Pedagógico)
 

Para concorrer a uma das vagas de auxiliar técnico de educação é necessário ensino médio completo ou curso técnico. A remuneração inicial para a carreira é de R$ 1.541,14.

Já os pré-requisitos para candidatar-se a uma das vagas de coordenador pedagógico são:

Possuir Licenciatura plena em pedagogia; ou Pós-graduação stricto sensu em Educação; ou Pós-graduação lato sensu em Educação, de no mínimo 800 horas;
Experiência mínima de 3 anos no magistério.
 
A remuneração mensal para o cargo é de R$ 5.187,01, para uma jornada de 40 horas de trabalho semanais, sendo 8 horas diárias de trabalho.
 

Inscrições concurso SME SP 2019

 
As inscrições no concurso SME SP deverão ser realizadas somente pela internet, no site da Fundação Vunesp, banca organizadora responsável pela seleção, no período de 4 de junho a 5 de julho de 2019
 
A taxa de inscrição para o cargo de auxiliar técnico de educação é de R$ 41,80 e para coordenador pedagógico não será cobrado nenhum valor. Solicitações de isenção do pagamento da taxa serão aceitas também pelo site da Vunesp, entre os dias 4 e 6 de junho.
 

Provas serão aplicadas no dia 1º de setembro

Para ambos os cargos o concurso SME SP 2019 será composto por duas etapas: teste de conhecimentos (provas objetiva e dissertativa) e análise de títulos. De acordo com os editais, as provas objetiva e dissertativa serão aplicadas na cidade de São Paulo, no dia 1º de setembro, com 5 horas de duração.

No caso do cargo de auxiliar técnico de educação, a prova objetiva terá 60 questões de múltipla escolha versando sobre Língua Portuguesa (15); Matemática (15); Noções de Informática (10); e Publicações Institucionais e Legislação (20). O exame dissertativo será composto por estudo de caso relacionado ao conteúdo programático.

A prova objetiva do cargo de coordenador pedagógico também será composta por 60 questões de múltipla escolha, sendo 30 de Conhecimentos Gerais e 30 de Conhecimentos Específicos. Já a prova dissertativa contará com 3 questões sobre temas que envolvam as atribuições e responsabilidades do Coordenador Pedagógico: gestão pedagógica; acompanhamento e avaliação das aprendizagens; formação docente no contexto escolar.

Os locais de prova poderão ser consultados acessando o site da Fundação Vunesp a partir do dia 12 de agosto.

Atribuições dos cargos

 

Auxiliar técnico de educação

 
O auxiliar técnico de educação da SME SP pode atuar em duas áreas. A primeira delas é na inspeção escolar, na qual o auxiliar deve dar atendimento e acompanhamento aos alunos nos horários de entrada, saída, recreio e em outros períodos em que não houver a assistência do professor; comunicar à direção da escola eventuais enfermidades ou acidentes ocorridos com os alunos, bem como outras ocorrências graves; participar de programas e projetos definidos no projeto político-pedagógico da unidade educacional que visem à prevenção de acidentes e de uso indevido de substâncias nocivas à saúde dos alunos; entre outras atividades.
 
A segunda área estabelece atuação na área de serviços de secretaria, que conta com as seguintes atividades: receber, classificar, arquivar, instruir e encaminhar documentos ou expedientes de funcionários e de alunos da escola, garantindo sua atualização; controlar e registrar dados relativos à vida funcional dos servidores da escola e à vida escolar dos alunos; digitar documentos, expedientes e processos, inclusive os de natureza didático-pedagógica; entre outras atividades.
 

Coordenador Pedagógico

 
Entre outras atividades, cabe ao coordenador pedagógico exercer as seguintes atribuições: 
 
Coordenar a elaboração, implementação e avaliação do Projeto Pedagógico da unidade educacional, tendo em vista os desafios do cotidiano escolar, as modalidades e turnos em funcionamento, visando à melhoria da qualidade da educação, em consonância com as diretrizes educacionais do município; 
 
Elaborar o plano de trabalho da coordenação pedagógica indicando metas, estratégias de formação, acompanhamento e avaliação dos impactos da formação continuada e cronograma de reuniões com a equipe docente para gestão pedagógica da unidade educacional; 
 
Coordenar a elaboração e implementação dos planos de ensino dos professores, garantindo a consonância com as diretrizes curriculares da Secretaria Municipal de Educação; 
 
Promover a análise dos resultados das avaliações internas e externas da aprendizagem dos alunos estabelecendo conexões com a elaboração do PP, Plano de Ensino e do Plano de trabalho da Coordenação Pedagógica.

Outras Notícias