Central de Concursos
  • Publicado em 14/02/2012 00h00
Os pedidos dos concursos solicitados para este ano, pelo Ministério da Fazenda, seguem em negociações junto ao Ministério do Planejamento.

São 4.850 vagas na área fiscal da Receita, sendo 2.500 para o cargo de assistente técnico-administrativo, 90 para a área de apoio e 2.260 para auditor fiscal e analista tributário.

Assistente Técnico-Administrativo, 2.500 vagas

Para este cargo exige-se somente o nível médio, para uma remuneração inicial de R$ 2.690,02. Parte dessas vagas serão para substituir 463 terceirizados irregulares até 31/12, número que não atende a necessidade do setor, no entanto, para a liberação de um número maior de vagas dependerá de disponibilidade orçamentária.

Analista Técnico–Administrativo, 90 vagas

Exigência de nível superior, com iniciais de R$ 3.529,42. Será o primeiro concurso para este cargo.

Auditores, 1.210 vagas e Analista-Tributário, 1050 vagas

Requisito básico superior em qualquer área, a remuneração inicial para auditor é de R$ 13.904 e R$ 8.300 para os analistas.

Todas as remunerações já incluem o auxílio-alimentação de R$ 304.

A Secretária de Gestão Pública do Planejamento, Ana Lúcia Brito, declarou que, inicialmente, serão autorizadas cerca de 850 vagas para analista-técnico, auditor e analista-tributário, previsão essa criticada pelos sindicatos das categorias.
blog

Outras Notícias