Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 27/11/2019 08h18 - Atualizado em 27/11/2019 08h29

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3), com sede em São Paulo e Mato Grosso do Sul, divulgou o número de inscritos no concurso TRF 3 para técnicos e analistas.
 
No total, serão 77.876 candidatos disputando uma das 9 vagas imediatas, as quais estão distribuídas entre os cargos de analista judiciário nas áreas judiciária (3 vagas) e apoio especializado - informática (1), e para técnico judiciário - área administrativa (4) e apoio especializado - informática (1).
 
Confira a distribuição de inscritos:

São Paulo/SP 
•Analista judiciário - área judiciária: 26.757
•Analista judiciário - área apoio (informática): 1.648
•Técnico judiciário - área administrativa: 41.581
•Técnico judiciário - área apoio (informática): 1.233

Total: 77.876 inscritos

Campo Grande/MS  
•Técnico judiciário - área administrativa: 6.657

Total: 6.657 inscritos

Todos os candidatos inscritos no concurso TRF 3 serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, marcadas para serem aplicadas neste domingo, 1º de dezembro, com quatro horas e meia de duração.
 
As avaliações serão realizadas na cidade de São Paulo e em Campo Grande, em dois períodos.  Os locais de realização da prova podem ser consultados CLICANDO AQUI.

A prova objetiva será composta por 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. Já a prova discursiva será diferente para cada cargo. Analistas e técnico de informática farão estudo de caso, já o técnico administrativo fará uma redação.

Os gabaritos sairão no dia seguinte das provas, em 2 de dezembro.

O prazo de validade do concurso TRF 3 será de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final, que ainda não tem data prevista. O prazo ainda poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso TRF 3: cargos e remunerações


A remuneração inicial atual para os técnicos é de R$ 8.501,45, valor composto pela soma do salário de R$ 7.591,37 e o auxílio-alimentação de R$ 910,08 por mês. Nas duas especialidades, a única exigência é ter o nível médio completo.

Para analistas os ganhos iniciais são de R$ 13.365,38, já considerando o salário de R$ 12.455,30 e o auxílio-alimentação. Para o da área judiciária é necessário ter nível superior em Direito, enquanto que para a área de informática será preciso diploma de curso superior completo em qualquer área, acompanhado de especialização na área de análise de sistemas, ou qualquer curso superior em informática.

Apesar do edital do concurso TRF 3 trazer poucas oportunidades para preenchimento imediato, a expectativa é que seja formado um bom cadastro de reserva. De acordo com a presidente do órgão, desembargadora Therezinha Cazerta, o TRF 3 possui hoje aproximadamente 500 vagas em aberto.

Concurso TRF 3 - Dicas e análise do edital




LEIA TAMBÉM:

blog

Outras Notícias