• Por: Yuri Salso - Publicado em 24/01/2019 11h46 - Atualizado em 24/01/2019 16h48
Neste domingo, 27 de janeiro, serão aplicadas as provas do concurso público da Advocacia-Geral da União (AGU). O Idecan, banca organizadora responsável pela seleção, já disponibilizou a consulta aos locais onde as provas serão aplicadas. Para conferir, basta clicar no link abaixo e fazer login com o número do CPF: 
 

Locais de prova concurso AGU

 
Os candidatos realizarão uma prova objetiva composta por 60 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos básicos (10 de Língua Portuguesa, 5 de Raciocínio Lógico, 5 de Noções de Informática e 10 de Conhecimentos Gerais) e 30 de conhecimentos específicos, além de uma prova dissertativa, que consistirá na elaboração de uma redação.
 
De acordo com o edital de abertura, os candidatos aprovados serão convocados para escolha da lotação das vagas de acordo com a lista de classificação final, conforme os critérios de oportunidade e conveniência do órgão.
 

Provas foram remarcadas

 
A princípio, todos os candidatos às 100 vagas ofertadas no concurso AGU realizariam as provas no último dia 9 de dezembro. No entanto, a aplicação dos testes apresentou diversos problemas relacionados à logística da seleção. Em pelo menos três estados, as provas não chegaram a tempo: São Luís, Florianópolis e Cuiabá. Enquanto que nas provas aplicadas no turno vespertino, as provas ocorreram com atraso.
 
Diante da situação, com exceção dos candidatos aos cargos de analista técnico-administrativo e bibliotecário, todos os demais participantes tiveram as provas remarcadas para este domingo. Os testes para os cargos administrador, arquivista, contador e técnico em assuntos educacionais serão aplicados na parte da manhã, das 9h às 13h30. Já os inscritos para a função de técnico em comunicação social realizarão as provas no período vespertino, das 15h às 19h30.
 

Cargos e remunerações

 
As 100 vagas ofertadas no concurso AGU 2018 estão distribuídas da seguinte forma: 48 vagas para o cargo de administrador (nível superior em administração e registro no conselho), 32 para contador (superior na área e registro no conselho), 10 para analista técnico-administrativo (superior em qualquer área), 5 para técnico em comunicação social (superior em comunicação social ou jornalismo), 2 para arquivista (nível superior em Arquivologia), 2 para técnico em assuntos educacionais (superior em qualquer área) e 1 para bibliotecário (formação superior na área e registro no conselho).
 
A remuneração inicial para todas as carreiras é de R$ 6.203,34, composta de vencimento básico no valor de RS 2.220,09, acrescido da Gratificação de Desempenho de Atividade de Apoio Técnico-Administrativo – GDAA de R$ 3.128,00 e da Gratificação Específica de Apoio Técnico-Administrativo – GEATA, no valor fixo de R$ 855,25.

 

blog

Outras Notícias