Central de Concursos
  • Publicado em 22/04/2013 18h25
Foi enviado à Assembleia Legislativa de São Paulo, pelo Governador Geraldo Alckmin, projeto de lei que visa criar 818 vagas na Secretaria de Educação.

Trata-se de 400 oportunidades para Analista em Tecnologia – que vai acontecer pela primeira vez – e 418 para Analista Administrativa.

De acordo com a Secretaria, essas oportunidades visam liberar os professores de trabalhos administrativos, permitindo uma maior dedicação ao trabalho pedagógico.

As vagas exigirão nível superior em áreas especificas e oferecem remuneração de R4 2.169 com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

As 418 vagas para Analista Administrativo deverão ser preenchidas por vagas remanescentes de concurso em andamento que conta, inicialmente, com oferta de 182 vagas.

Professores
Foi encaminhado também pelo Governador, projeto que visa elevar para 8,1% o aumento salarial previsto para julho para 415 mil servidores, incluindo 270 mil funcionários ao magistério e de apoio escolar, além de 145 mil aposentados.

Em 2011, foi acordada política salarial que previa aumento escalonado até 2014 de 42,2%, mas deve passar para 45,1%. Assim, o salário do Professor de Educação Básica II, passará para R$ 2.257,84, em 1º de julho e R$ 2.415,89, em 2014. Além dessa melhoria salarial, a Secretaria está concluindo um plano de carreira para a categoria.
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias