Central de Concursos
  • Publicado em 24/04/2012 00h00
Um novo concurso da Polícia Rodoviária Federal está em andamento e, segundo informações do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, já está por ele autorizado, embora, ainda não tenha sido publicada uma portaria formalizando a permissão. Esta declaração foi dada em cerimônia, no Rio de Janeiro, no último dia 13.

O objetivo é possibilitar o ingresso, ao todo, incluindo o concurso de 2009 o qual foi interrompido em função de fraude e recentemente retomado pela Funrio, de 1.500 novos policiais rodoviários federais em 2012. No entanto, a definição sobre oferta de vagas da nova seleção dependerá do aproveitamento ou não dos excedentes do atual concurso que ofereceu 750 oportunidades.

Os novos policiais deverão ser lotados nos estados que fazem parte do Plano Estratégico de Fronteiras do governo federal: Acre, Amapá, Amazonas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Pedido Escalonado de 2012 a 2014
A contratação de 1.500 novos policiais, faz parte das 4.500 admissões programadas pela PRF para os próximos três anos, mas, segundo Ana Lúcia Brito, secretária de Gestão Pública do Planejamento “vamos trabalhar dentro desse planejamento e do que possa ser aprovado e for possível pelos limites orçamentários”.

Em sua estrutura, a PRF tem 13.098 vagas de policial rodoviário federal e a meta é preenchê-la, sobretudo, em função das demandas relacionadas aos grandes eventos que serão realizados no país nos próximos anos, em especial, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Para concorrer às vagas será necessário possuir o ensino superior completo em qualquer área, carteira nacional de habilitação na categoria B ou superior. A remuneração inicial é de R$ 6.108,95 já com o auxílio-alimentação no valor de R$ 304.
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias