• Publicado em 10/02/2015 00h00
Na última quarta-feira (4), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE) fez um apelo aos ministros da Justiça e do Planejamento, para autorizarem imediatamente o aumento de efetivo da categoria de policial rodoviário federal: “peço principalmente em nome daqueles que sofrem com o abandono de nossas estradas e com a falta de segurança". Gonzaga lembrou que já existe um outro concurso em andamento e que está parado, fazendo referência aos 1.216 aprovados do último concurso que aguardam serem chamados. 
 
Visando preencher até 1.500 vagas de policial, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) aguarda autorização do Ministério do Planejamento para dar início à abertura de concurso que visa a preencher até 1.500 vagas de policial. O processo referente ao pedido foi revisado pelo Ministério da Justiça e devolvido ao Planejamento. Com demandas crescentes, como, por exemplo, o aumento da frota de veículos nas estradas, a PRF carece cada vez mais da adequação do seu efetivo aos desafios a serem enfrentados.
 
A função de policial rodoviário federal exige carteira de habilitação na categoria B ou superior e, devido ao reajuste condedido pelo governo, os ganhos iniciais passaram de R$6.791,25 para R$7.092,91. O último concurso foi organizado pelo Cespe/UnB.

Outras Notícias