Central de Concursos
  • Publicado em 12/06/2013 09h32
Foi publicado quarta, 12 de junho, o edital do concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal), com oferta de mil vagas de policial rodoviário federal.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir o ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Das mil vagas, 50 serão reservadas para deficientes físicos.

A remuneração inicial é de R$6.479,81, atualmente, mas já há reajuste acertado com o governo para janeiro de 2014, aumentando o valor para R$6.791,25. O acerto prevê novo reajuste em janeiro de 2015, com a remuneração inicial passando para R$7.092,91.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 24 de junho, com atendimento até 8 de julho, no site do Cespe/UnB: www.cesp.unb.br. A taxa é de R$150.

O concurso terá duas etapas. A primeira, com cinco fases, terá início com as provas objetivas e discursivas, que serão aplicadas no dia 11 de agosto, em todas as capitais brasileiras, além do Distrito Federal.

Os aprovados passarão, ainda, por teste físico, exames de saúde, avaliação psicológica e de títulos.

A segunda etapa do concurso será o curso de Curso de Formação Profissional, com duração de aproximadamente três meses. No curso de formação, os candidatos terão aulas de abordagem e tiro, direitos humanos, ética, defesa policial e fiscalização de trânsito, entre outras.

Os novos policiais rodoviários federais serão lotados, preferencialmente, nas regiões de fronteira, após remanejamento dos policiais mais antigos. O departamento espera contar com os novos policiais para a Copa do Mundo, que será disputada de junho a julho do ano que vem.

No último concurso aberto pela PRF, em 2009, as vagas foram distribuídas por praticamente todos os estados, com os candidatos devendo optar já no ato da inscrição, pelas vagas de qual deles desejavam concorrer.

Para este novo concurso de mil vagas, o departamento informou que não haverá tal distribuição, e que as vagas serão ocupadas, prioritariamente, nas regiões de fronteira, que abrangem 11 estados, sendo seis na região Norte (Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima), dois no Centro-Oeste (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e três na região Sul (Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina).

Será dada, no entanto, a possibilidade de o selecionado escolher, conforme a sua classificação, entre as vagas que serão disponibilizadas pela PRF, após o remanejamento interno dos policiais que já estão no órgão.

Fonte: Folha Dirigida
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias