Central de Concursos
  • Publicado em 15/10/2013 15h00
Foi divulgado no Diário Oficial da União (DOU), dia 14/10, o extrato de dispensa de licitação para contratação do Cespe/UnB (por meio da Fundação Universidade de Brasília) para organizar o concurso para 566 vagas na área administrativa da Polícia Federal (PF). Com a publicação do extrato, a Coordenação de Recrutamento e Seleção do órgão (Corec) informou que a previsão é de que o edital do concurso seja divulgado de uma semana a 15 dias após a assinatura do contrato com o organizador. Dessa forma, a divulgação pode ocorrer ainda este mês. O prazo concedido pelo Ministério do Planejamento para isso (de seis meses a contar da autorização, em maio) vai até o dia 22 de novembro.

Serão oferecidas 534 vagas apenas para o cargo de agente administrativo, que tem como requisito o ensino médio completo (não é exigida a carteira de habilitação) e proporciona remuneração inicial de R$3.689,77, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. As outras 32 vagas serão para cargos de nível superior, sendo 11 para engenheiro, sete para assistente social, cinco para contador, quatro para administrador, três para psicólogo e duas para arquivista. Para esses, os iniciais são de R$5.454,18 (engenheiro) e R$4.412,32 (demais), também com o auxílio. Em todos os casos, inclusive no de agente, as contratações serão pelo regime estatutário, que dá direito a estabilidade.

A Corec ainda reforçou a hipótese de que mesmo que o edital do concurso seja divulgado este mês, as provas dificilmente serão aplicadas ainda esta ano. Segundo foi informado, de fato, as avaliações provavelmente serão realizadas somente no início do ano que vem. A seleção deverá compreender provas objetivas para todos os cargos e discursiva apenas para os de nível superior e as avaliações deverão serão aplicadas em todas as capitais. De acordo com a Corec, a distribuição das vagas do concurso deverá ser muito próxima daquela resultante do processo de mobilidade dos servidores administrativos da PF (veja no quadro em anexo o levantamento feito pelo SinpecPF, com base no resultado da remoção interna, sobre a provável distribuição de vagas para agente).

Fonte: Folha Dirigida
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias