• Por: Yuri Salso - Publicado em 27/09/2017 15h44 - Atualizado em 27/09/2017 16h30
Concurso INSS
Ótima notícia para aqueles que desejam conquistar um cargo público federal. Em entrevista ao portal de notícias G1, Arnaldo Lima Junior, assessor especial do Ministério do Planejamento, afirmou que o ritmo de abertura de concursos no Poder Executivo Federal voltará a ser acelerado em 2019.
 
Entre os concursos que devem entrar na lista de liberações mencionada pelo assessor está o do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O INSS é um dos órgãos federais que mais sofre com a defasagem de pessoal por conta das aposentadorias: atualmente, o déficit é de cerca de 14 mil servidores.
 
De acordo com levantamento realizado pelo Planejamento, 40% dos servidores públicos federais se aposentarão até 2027, o equivalente a 216 mil profissionais.
 
Ao ser questionado sobre as áreas que serão contempladas com concursos em 2019, Agnaldo Lima declarou ao G1: “A gente sempre acha que nessa área de atendimento ao público direto, INSS, acho que seja um dos grandes desafios, e as universidades também [devem ter reposições de vagas]. Todas as áreas vão voltar a ter concursos [de 2019 em diante]".
 

Último pedido concurso INSS

 
Em 2016, o Ministério do Trabalho e Previdência Social (MPTS) solicitou ao Ministério do Planejamento a abertura de um novo concurso público para o preenchimento de 7.351 vagas no INSS
 
Do total de oportunidades, 3.627 foram para a carreira de técnico do seguro social, que pede apenas ensino médio. A remuneração inicial da categoria é de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.
 
As demais chances solicitadas foram para as carreiras de analista do seguro social (1.894 vagas) e perito médico previdenciário (1.530).
 
No caso de analista, para concorrer é necessário possuir formação superior em diversas áreas, incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras. A remuneração inicial é de R$ 7.954,09, contando com o benefício.
 
Para o cargo de perito médico previdenciário, os interessados devem possuir graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também com o auxílio.
 

Concurso INSS 2015

 
O último concurso INSS foi realizado em 2015, visando ao preenchimento de 950 oportunidades para os cargos de técnicos (800 vagas) e analistas (150). A banca organizadora foi a Cespe/UnB.
 
Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva com 120 questões. Para técnicos, a prova versou sobre Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e conhecimentos específicos. Já para os analistas, a avaliação foi composta de questões sobre Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social, Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência.

 

Outros concursos federais

 
Apesar da grave crise financeira, o Ministério do Planejamento continuo liberado alguns concursos em caráter de urgência. 
 
Este ano, a pasta autorizou a ABIN a abrir seleção para 300 vagas e o MAPA a divulgar edital com 300 oportunidades para auditor-fiscal agropecuário – médico veterinário. E, até o fim do ano, o Planejamento poderá conceder novas autorizações de concursos, que aconteceriam em 2018. Os mais aguardados são os da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Banco Central e Receita Federal, além do MPU, que tinha edital previsto para este ano mas deve ficar para o ano que vem.
 

Outras Notícias