• Publicado em 08/10/2018 17h12 - Atualizado em 08/10/2018 18h50
A Prefeitura de Osasco confirmou a realização de concurso público para contratação de professores. O anúncio foi feito pelo prefeito Rogério Lins na manhã desta sexta-feira, durante evento em homenagem a professores e gestores das escolas da rede municipal pela nota recorde obtida no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) este ano, quando a rede municipal alcançou a média de 6.1, a maior da história. Ao Diário, Lins adiantou que as contratações devem ser feitas no início do próximo ano, coincidindo com começo do ano letivo. Lins também adiantou que a prefeitura prepara, para 2019, um segundo concurso na Educação, desta vez para diretor de escola.
 
“É um compromisso do meu governo e estamos realizando estudos com o sindicato para definir o formato”, explicou ele, sobre a seleção de diretores. Com relação ao concurso para professores, o secretário da Educação, José Toste Borges, afirmou que o processo de contratação da empresa responsável pelo certame está em fase final. Com isso, há possibilidade de que o edital seja publicado ainda este mês. Serão aproximadamente 700 vagas para Professor Adjunto (PEB I) e 500 para Professor de Desenvolvimento Infantil (PDI), que atuam nas creches, totalizado 1,2 mil oportunidades.
 
Eles vão substituir profissionais que foram contratados em caráter temporário, para suprir déficit na rede, que chegava a 500 professores quando Lins assumiu a prefeitura, no início de 2017. Atualmente, na rede o salário de PDI é de R$1.902,89 para jornada de 38 horas semanais. Já o PEB I, para jornada de 27 horas, é R$1.923,92.
 
 

Outras Notícias