• Por: Yuri Salso - Publicado em 06/12/2017 11h18 - Atualizado em 06/12/2017 12h49
A São Paulo Previdência (SPPrev), órgão vinculado à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz/SP), aguarda apenas o aval do governador Geraldo Alckmin para realizar um novo concurso público em 2018. Como o prazo de validade do seu último certame acabou em outubro de 2014, a SPPrev tem urgência na liberação de uma nova seleção.
 
A solicitação atual enviada pela autarquia conta com 80 vagas para preenchimento imediato, sendo 66 para a função de técnico em gestão previdenciária, com exigência de nível médio, e 14 para a carreira de analista em gestão previdenciária, que pede nível superior em qualquer área de atuação. 
 
O vencimento inicial para o cargo de técnico é de R$ 2.073,80, podendo chegar a R$ 2.480,94 se o servidor atingir 100% do Prêmio de Incentivo à Qualidade Previdenciária (PIQPrev). A função prevê ainda dois ajustes salariais durante o tempo de atividade, ficando em R$ 3.065,44 e depois em R$ 3.770,95, com o total do prêmio. Analistas começam a carreira ganhando R$ 5.202,35 por mês, podendo chegar a R$ 5.880,91 com o PIQPrev. Com os ajustes dos dois níveis seguintes, os vencimentos passam a ser de R$ 7.467,40 e de R$ 9.382,36, contando com 100% do prêmio.
 

Atribuições dos cargos

 
No caso de técnico previdenciário, cabe ao servidor prestar atendimento aos segurados do regime próprio de previdência, executar atividades administrativas no processo de concessão e pagamento das aposentadorias e pensões; e executar atividades de apoio relacionadas à administração e gestão da SPPrev.
 
O trabalho do analista de gestão previdenciária consiste em analisar, acompanhar e instruir processos de concessão, pagamento, cadastro e informações de aposentadorias e pensões; planejar, implantar e avaliar as ações voltadas ao atendimento e orientação dos segurados; e coordenar atividades de suporte ao gerenciamento das atividades corporativas da SPPrev no que se refere a serviços administrativos, logísticos, de infraestrutura e de suprimentos.
 

Último concurso SPPrev

 
Realizado em 2012, o último concurso SPPrev foi organizado pela Fundação Carlos Chagas. Foram 22.208 inscritos para um total de 202 vagas, distribuídas pelas cidades de São Paulo, Araçatuba, Bauru, Taubaté, Santa Rita do Passa Quatro, São José do Rio Preto, Campinas, Sorocaba e Jales. 
 
A seleção para técnico contou com uma prova objetiva, constituída de 60 questões sobre conhecimentos básicos (30) e de conhecimentos específicos (30).
Para o cargo de analista, o processo seletivo foi feito por meio de prova objetiva com 70 questões sobre língua portuguesa (20) e conhecimentos específicos (50). Além do teste, a função também contou com avaliação de títulos.
 

Outras Notícias