• Por: Yuri Salso - Publicado em 17/12/2015 16h34 - Atualizado em 01/06/2016 13h24
Viaturas Polícia Civil
Foto: divulgação/SSP
 
Foi confirmado pelo novo secretário de Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, a realização de uma nova série de concursos anuais, visando acabar com o crescimento da carência de servidores da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP). Segundo Mágino, mesmo com o bloqueio orçamentário, o concurso está dentro do planejamento de 2017.
 
O antigo secretário, Alexandre de Moraes, já tinha sugerido a efetuação de certames anuais para poder preencher as vagas em aberto com antecedência, como é feito na Polícia Militar.
 
Em um levantamento publicado no dia 30 de abril, foi apurado que a Polícia Civil conta com 31.321 funcionários ativos para 8.321 caragos desocupados. Para se ter uma ideia da diferença e do tamanho do déficit, em 2011 quando foi feita esta mesma contagem, haviam 34.503 cargos lotados.
 
Dois concursos foram realizados neste período de 5 anos que, devido às defasagens e aposentadorias de funcionários, não conseguiram suprir a demanda de servidores. Um exemplo é a função de escrivão de Polícia, que em 2011 possuía 7.794 vagas ocupadas e hoje tem em seu quadro 6.784 policiais.
 
Polícia Civil conta com um pedido de autorização para o preenchimento 3.176 vagas, sendo parte destinada a convocação de remanescentes da última série de concursos e parte para novos editais. 
 

Concurso Polícia Civil/SP

 
A pedido do governador Geraldo Alckmin, no último dia 7 de dezembro o projeto de lei orçamentário de 2016 (PL 1298/2015) passou a tramitar com regime de urgência na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). A decisão é importante para quem pretende ingressar no quadro de servidores da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP), pois o projeto orçamentário destina um total de R$ 30,5 milhões para o órgão, especificamente para “realização de concursos públicos pela Academia de Polícia para as diversas carreiras policiais, bem como de cursos de formação e aperfeiçoamento dos policiais integrantes da Polícia Civil”.
 
A proposta determina um total de 8.200 servidores, incluindo nomeação de aprovados em concursos já realizados e novos certames. O término de uma série de concursos iniciados em 2013 também é um ponto favorável para o início dos novos certames, uma vez que permite definir necessidades pontuais e libera a Academia de Polícia para concentrar esforços em novas seleções.
 

Vagas e remunerações

 
Do total de vagas solicitadas, 851 são para cargos de nível médio distribuídas entre as carreiras de atendente de necrotério (54), auxiliar de necropsia (36), papiloscopista (72), desenhista (11), fotógrafo técnico pericial (41), agente policial (249), auxiliar de papiloscopista (136) e agente de telecomunicações (252). Para os cargos de agente policial, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, a remuneração inicial é de R$ 3.365, já considerando R$ 571,51 de adicional de insalubridade. Já nos casos de papiloscopista, agente de telecomunicações, auxiliar de necropsia, desenhista técnico e fotógrafo, os vencimentos iniciais são de R$ 4.023,29, já com o complemento.
 
Para nível superior são 2.325 oportunidades, divididas entre perito (129), médico legista (68), investigador (985), escrivão (922) e delegado (221). As remunerações iniciais são de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão, R$ 8.538,49 para legista e perito e R$ 10.079,28 para delegado, já com o adicional. 
 

Nomeações Polícia Civil/SP 2016

 
No último dia 22 de março, no Palácio de Convenções do Anhembi, aconteceu o evento de posse dos primeiros 1.028 aprovados no último concurso da Polícia Civil-SP. De acordo com o Secretário de Segurança de São Paulo, Alexandre de Moraes, a intenção do Governo do Estado é nomear ainda este ano todos os aprovados dentro do número de vagas da última série de concursos organizado pelo órgão. “Fizemos um cronograma junto ao governador para que, se não houver nenhum problema maior financeiro, até julho nos devemos estar nomeando mais 25% dos aprovados dentro do número de vagas iniciais e aí até o final do ano vamos completar 100% do número de vagas iniciais”, disse o secretário durante o evento. 
 
 
Este primeiro grupo de servidores foi nomeado no último dia 8 de março pelo governador Geraldo Alckmin. Do total, 740 são para a Polícia Civil, sendo 394 escrivães e 346 investigadores. Os outros 288 serão destinados à Superintendência da Polícia Técnico-Científica, divididos entre as carreiras de atendente de necrotério (23), auxiliar de necropsia (73), desenhista (15), fotógrafo (30), médico legista (35) e perito criminal (112).  Ainda ontem (23), foram empossados os 50 primeiros colocados no concurso de delegado, completando 1.078 novos servidores, de um total de 3.297 vagas iniciais da série de concursos.
 
Os policiais iniciam agora um curso de formação de aproximadamente quatro meses na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol). Além das aulas, eles passarão ainda por um período de estágio probatório.
 
Último concurso Polícia Civil-SP:
 

CARGOS

VAGAS INICIAIS

APROVADOS

NOMEADOS

 

 

 

 

Atendente de Necrotério

89

212

23

Auxiliar de Necropsia

145

300

73

Delegado

129

280

50

Desenhista

55

160

15

Escrivão

788

1866

394

Fotógrafo

120

374

30

Investigador

1384

1788

346

Médico Legista

140

280

35

Perito

447

1342

112

     

Dicas para ser aprovado no concurso Polícia Civil/SP

 
Professor Rodrigo Castello
Rodrigo Castello, professor de direito penal e processo penal na Central de Concursos
 
Em primeiro lugar, deve ouvir o seu coração. Se ele disser que é esse concurso que deve prestar, preste-o, sem medo de ser feliz. Mas para isso, alguns requisitos são obrigatórios: 
 
1) Estudar o edital, pois nele constam informações importantíssimas que regulamentam o seu concurso. Lembre-se que vigora o princípio da legalidade do edital - é a lei das leis; 
 
2) Procurar um curso preparatório, pois todos sabemos a dificuldade que os candidatos enfrentam quando se deparam com textos técnicos de lei. No curso, principalmente presencial, os professores lhes passarão todas as dicas para a obtenção do sucesso, bem como estarão lhes apoiando em tudo que for necessário; 
 
3) Resolver muitas questões, pois somente assim conseguirá perceber o perfil da banca examinadora. 
 
Apenas a título de ilustração, falo aos meus alunos o seguinte: imaginem que vocês tenham apenas 30 dias para estudar. Façam um teste de resolver apenas 20 questões por dia. Com isso, ao final do mês, terá resolvido 600 questões. Agindo assim, percebam e imaginem o que vocês são capazes de fazer em seis meses! 
 
Outro ponto: não se esqueçam que não podem estudar somente as matérias que lhes agradam, devem estudar todas as matérias que constam no edital. A exemplo do direito penal, percebemos que a banca examinadora, Vunesp, que elabora os concursos da Polícia Civil em São Paulo, gosta de pedir os crimes contra a administração pública, a exemplo de Peculato, Concussão, Excesso de Exação, Prevaricação, Corrupção Passiva, dentre outros. A organizadora também costuma pedir recentes alterações, portanto, você deve estar sempre atualizado. O estudo não é difícil, basta ter um pouco de força de vontade e muita disciplina. Com vontade, disciplina, foco e determinação, tudo isso somado às dicas passadas pelos professores no curso preparatório, o seu sucesso será garantido, é apenas questão de tempo.
 
Salienta-se que o erro do candidato é estudar apenas quando tem edital aberto. Isso não pode acontecer. O estudo é para sempre. Deve estudar e angariar conhecimento, porque quando sair o edital, terá tempo de fazer apenas uma revisão num curto espaço de tempo. Não entrem no clima de discursos políticos, tais como: "não vai abrir concurso" ou "vai abrir concurso" etc. Estude, porque é a melhor coisa que pode fazer por você. Invista no conhecimento, até mesmo porque é a única coisa de real valor que carrega consigo. Para ficar mais fácil o vosso estudo, verifique uma pessoa de sucesso que muito admira e espelhe-se nela; procure descobrir o que ela fez para obter sucesso e chegar lá – licitamente, é claro! Tenho certeza que isso lhes fará muito bem. 
 
Não se preocupe o que vai acontecer quando passar, pense em acontecimentos maravilhosos e você trabalhando com sentimento de humanidade e justiça, rumo a um mundo melhor. Digo-lhes uma coisa: não há sensação melhor do que você comemorar a vitória que você mesmo trabalhou para consegui-la, pois o mérito é todo seu, de mais ninguém. A Polícia Civil/SP possui, além dos Distritos da Capital que investigam os crimes ocorridos no âmbito das suas respectivas circunscrições, as especializadas, tais como: Da Mulher, DEAM - Delegacia de Explosivos e Armas e Munições, Do Consumidor, Grupo Especial COPE, Grupo Especial TIGRE, NUCIBER - Grupo de Combate aos Cibercrimes, Proteção ao Meio Ambiente, SICRIDE - Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas, Lavagem de Dinheiro, GARRA - Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, Divisão de Narcóticos, Corregedoria, dentre outras. Afirmo-lhes que possui diversos lugares bastante atraentes para trabalhar com satisfação pessoal.
 
Por isso, queridos concurseiros, persistam com heroísmo, não apenas para encontrar uma nova verdade, mas também para ter coragem de agir de acordo com essa visão. Corram atrás dos seus sonhos, vocês são merecedores. Sejam heróis e iniciem já os vossos estudos. A maioria das pessoas sabe que heróis matam dragões, salvam donzelas etc., e sua jornada consiste sempre num final feliz. O vosso final será muito feliz também, basta ter um projeto de vida e começar a grande e gratificante jornada. Não pensem que as suas jornadas não são importantes, comemorem e agradeçam cada passo, porque, afinal, vocês foram os autores. Sejam autores de suas próprias histórias e sintam o seu gostinho. Desapeguem do que não lhes faz bem e iniciem AGORA.
 

Outras Notícias