Central de Concursos
  • Publicado em 29/04/2013 18h02
Os futuros aprovados do próximo concurso, que já está autorizado, do Ministério do Trabalho e Emprego para as ofertas de Auditor Fiscal do Trabalho, passarão a receber iniciais de R$ 14.653, ao invés dos anteriores R$ 13.973 equivalentes ao reajuste de 15,8%, parcelado em três anos e com efeito retroativo a janeiro de 2013.

Projeto de Lei nº 4.904/2012 foi aprovado pela Câmara dos Deputados, na última terça-feira, 23 que reajusta o subsídio dos Auditores e de outras categorias que assinaram acordo salarial com o governo em dezembro 2012. A matéria será enviada à sanção da Presidente Dilma. Além dessa boa notícia, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, reivindica a inclusão da categoria no Projeto de Lei 4.264/2012 que pretende pagar indenização para os que atuam nas unidades fronteiriças.

Outro fator para tornar o concurso ainda mais atrativo é a probabilidade de ampliação de vagas. Em princípio, são 100, no entanto, o Ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, enviou o Aviso Ministerial nº 86 à Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, solicitando a elevação deste número para 629 vagas. O sindicato também está envolvido com essa questão.

O concurso requer o nível superior em qualquer área e contemplará todo o país. Em 2010, foi realizado o último concurso e constou de provas objetivas, discursivas e sindicância de vida pregressa.

O edital é aguardado para até setembro.
blog

Outras Notícias