Central de Concursos
  • Publicado em 04/03/2013 18h08
A presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, Rosângela Rassy, pede apoio ao Senado, a fim de ampliar o número de vagas do próximo concurso do Ministério do Trabalho e Emprego para as vagas de Auditor-Fiscal do Trabalho. O MTE havia pedido ao Planejamento, 629 oportunidades, mas, apenas 100 foram autorizadas, número insuficiente para a demanda. Rosângela pretende formalizar denúncia à Organização Internacional do Trabalho, por descumprimento à Convenção 81, pois o número autorizado de vagas não atende às necessidades do órgão.

Por outro lado, a Assessoria de Imprensa do MTE, informou que, em breve, começará o processo de escolha da organizadora. Nas seleções anteriores – 2003 e 2010 – a responsabilidade ficou a cargo da Esaf.

As vagas
Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá ter nível superior em qualquer área. O rendimento oferecido é de R$ 13.973, sendo R$ 373 de auxílio-alimentação. Dentre as atribuições do Auditor estão o cumprimento de disposições legais e regulamentares, inclusive às relacionadas a segurança e a medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e emprego.
blog

Outras Notícias