Central de Concursos
  • Por: Cecília Rodrigues - Publicado em 16/07/2010 00h00
As oportunidades de emprego na carreira pública só tendem a crescer daqui para frente, como já vinha ocorrendo nos últimos anos. Somente no Ministério Público da União (MPU) estão previstos a criação de 6.804 cargos efetivos. As vagas em questão referem-se às funções de Técnico (nível médio) e Analista (nível superior). O projeto de Lei nº86/2010 da Câmara que rege sobre o assunto está em vias de ser aprovado pelos congressistas. A intenção é preencher essas vagas entre os anos de 2011 e 2014.

“Fortalecer o MPU é um processo que já vem acontecendo em concursos anteriores”, frisa o diretor de Recursos Humanos, José Luis Romero Baubeta. “No último certame realizado pelo órgão seriam chamados, a princípio, 400 aprovados, mas acabaram sendo convocados 4 mil candidatos, ou seja, dez vezes mais do que o previsto”, acrescenta.

As oportunidades no MPU são tantas que o anuncio do projeto para a criação dos cargos ocorreu em meio a abertura do concurso que oferece 594 ofertas, distribuídas também entre técnicos e analistas. O salários iniciais são de R$ 3.993,09 e R$ 6.551,52, respectivamente. O Ministério já avisou que a seleção servirá ainda para a formação de cadastro de reserva, um indicativo de que mais candidatos serão chamados. As provas serão realizadas em setembro.

José Luis lembra que diante de tantas ofertas, o momento é propício para começar a estudar. “Quanto mais cedo o candidato iniciar sua preparação para superar os concursos mais chances terá de êxito”.Segundo ele, trata-se de uma fase especial na vida dos concurseiros, “pois o MPU oferece excelentes salários, status profissional, plano de carreira e a certeza de um futuro promissor”.

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias