Central de Concursos
  • Publicado em 21/06/2013 10h57
A secretária de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, Ana Lúcia Brito, informou que está previsto para o próximo semestre o concurso para assistente técnico-administrativo do Ministério da Fazenda, cargo de nível médio, que proporciona remuneração de R$2.927,82.

A secretária não deu detalhes sobre a data da autorização, nem a respeito do quantitativo de vagas pedido pelo Ministério da Fazenda. Estima-se que o órgão tenha solicitado cerca de 2 mil vagas.

Atualmente, tramitam no Ministério do Planejamento dois processos que tratam do pedido de novo concurso e também da convocação de aprovados na seleção para assistente realizada no ano passado. Um deles, cadastrado no último dia 10 de maio, já registra 13 movimentações, estando desde o dia 13 deste mês no Departamento de Planejamento das Estruturas e da Força de Trabalho (Depef) da secretaria chefiada por Ana Lúcia Brito. O outro, protocolado no dia 15 de abril deste ano, conta com 11 movimentações registradas, tendo inclusive retornado ao Ministério da Fazenda no fim de abril. O processo que avançou pela última vez em 29 de maio, também encontra-se no Depef da Secretaria de Gestão Pública.

No início do ano, a informação da coordenação do Ministério da Fazenda responsável pela negociação do concurso junto ao Planejamento era de que a seleção aconteceria ainda neste primeiro semestre de 2013.

O concurso ainda não aconteceu porque há um cronograma para os novos ingressos previstos na lei orçamentária anual, que é trabalhado em conjunto com os órgãos.

Pelas explicações da secretária, o que pode ter impedido o Ministério da Fazenda de realizar a seleção para assistente nessa primeira metade do ano, é o fato do órgão ter estado desde janeiro comprometido com a realização do concurso autorizado para 347 vagas em cargos de nível superior. A seleção, porém, está desde o início de maio sob a responsabilidade da Esaf, que organiza os concursos da pasta. Com isso, o ministério já poderia voltar as atenções para a realização do concurso de nível médio.

Ao confirmar, no último dia 10, a solicitação do concurso para assistente, o Ministério da Fazenda informou que as chances serão para as regiões fiscais não abrangidas pelo concurso vigente, que teve vagas apenas para o Distrito Federal e São Paulo.

Fonte: Folha Dirigida
blog

Outras Notícias