• Por: Yuri Salso - Publicado em 13/07/2017 15h41 - Atualizado em 13/07/2017 17h09

Foi divulgado que o pedido de concurso público encaminhado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) contempla 1.000 vagas para o cargo de auditor-fiscal federal agropecuário.

É grande a urgência de realização do concurso MAPA 2017 devido ao reforço no controle sanitário das carnes exportadas. O órgão espera que as oportunidades sejam autorizadas para suprir a defasagem dos próximos anos.

Recentemente, o MAPA chegou a anunciar que seriam contratados 300 médicos veterinários para atuarem temporariamente como fiscais agropecuários. O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) divulgou nota repudiando a medida, pois o certo é a contratação de novos servidores concursados.

No início deste ano, havia a expectativa de que fosse aberto edital com 300 oportunidades, entretanto, o MPDG não liberou a autorização. As chances solicitadas não cobrem a defasagem de pessoal do MAPA, tanto que o sindicado da categoria pleiteia a abertura de 1.600 vagas para que a atividade seja plenamente desempenhada.

Dados do Centro Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP), entre 2002 e 2016, mostram que o PIB do agronegócio nacional cresceu cerca de 242%, enquanto o quadro de auditores se manteve estagnado. Para Maurício Porto, é preciso, pelo menos, mais 1,3 mil auditores para repor as vagas existentes, diante do cenário atual do agronegócio brasileiro. A situação ainda é mais agravante porque quase 60% dos auditores estão em fase de aposentadoria.

 

Auditor-fiscal federal agropecuário


O cargo de auditor-fiscal federal agropecuário exige nível superior em determinadas áreas de atuação. Os vencimentos iniciais oferecidos pelo órgão são de R$ 14.584.

 

Último concurso MAPA


Realizada em 2014, a última seleção do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento contou com 796 vagas em todo o país, exceto Rio de Janeiro. O preenchimento das oportunidades foi feito na sede, unidades regionais, superintendências/secretarias e no Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro).

As oportunidades oferecidas no concurso MAPA foram para fiscal federal agropecuário e para cargos ligados a atividades técnicas de fiscalização e ao Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O processo seletivo, organizado pela Consulplan, foi realizado por meio de exames objetivos e discursivos, além de análise de títulos para alguns postos.
 

Outras Notícias