Central de Concursos
  • Publicado em 21/10/2013 18h55
Após reportagem do jornal O Estado de São Paulo, o Idecon, a organizadora escolhida sem licitação para elaborar o concurso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi suspensa em função de uma decisão judicial.

A matéria informa que os dirigentes da organizadora eram integrantes do partido do Ministro Antonio Andrade – PMDB/MG. O deputado federal, Rubens Bueno pediu ao Tribunal de Contas da União que analisasse o contrato no valor de R$ 5 milhões entre o Mapa e o Idecon.

O Mapa planejava divulgar o edital até novembro, embora o prazo real seja até 17/3/2014. A organizadora somente será definida após o julgamento do processo pela Justiça.

O concurso vai oferecer 796 em cargos de todos os níveis, tendo remunerações de R$ 2.943,02 a R$ 11.904,69. Desse total 139 oportunidades destinam-se para São Paulo.
blog

Outras Notícias