Central de Concursos
  • Publicado em 23/04/2014 00h00
Com um grande déficit de pessoal,  término da validade do último concurso (encerra-se em 19/06) e com a lista de aprovados do último concurso, ocorrido em 2013,  esgotando-se,  o Tribunal de Justiça de São Paulo iniciou esta semana os preparativos para o seu concurso ao cargo de escrevente técnico judiciário.
O órgão realiza estudos para apurar a necessidade de pessoal e as regiões administrativas que serão contempladas nesse novo concurso.
Sabe-se, entretanto, que o maior número de vagas será direcionado a 1a. Região Administrativa, que corresponde a capital e Região Metropolitana de São Paulo.
 
Declaração do presidente do TJ-SP, desembargador José Renato Nalini,  feita ao Jornal Folha Dirigida, diz que "gostaria de realizar o concurso ainda este ano".
 
Salários,  benefícios e detalhes da última seleção 
 
Os escreventes, hoje, têm remuneração inicial de R$ 4.528,31, e já estão incluidos neste valor o salário de R$ 3.658,31, o auxílio saúde de R$ 100,00 mensais, além de auxílio alimentação de R$ 29 por dia e auxílio transporte de R$ 6. Como exigência, somente o nível médio de escolaridade.
 
O concurso anterior, que deve se repetir neste próximo, teve duas fases; a primeira,  com prova objetiva contou com 80 questões, envolvendo as disciplinas de língua portuguesa, conhecimentos em direito, atualidades, matemática e informática e a segunda fase constitui-se de prova prática de digitação.
 
Importante salientar que no último concurso houve uma oferta inicial de 300 vagas e foram nomeados, até 24 de março, 1.446 aprovados.Muitas vezes aprovados são chamados e  não assumem, mais uma outra razão pela urgência do concurso.

 

blog

Outras Notícias