• Por: Yuri Salso - Publicado em 01/07/2019 17h43 - Atualizado em 02/07/2019 10h15
O governador do Estado de São Paulo, João Doria, confirmou através de seu perfil oficial da rede social "Instagram", a contratação de 17.428 novos policiais.

As vagas estão divididas entre a Polícia Civil e a Polícia Militar do Estado, sendo 11.928 oportunidades para policiais militares e 5.550 para policiais civis. As nomeações irão ocorrer em diferentes turmas, até o final de 2020.

Vale lembrar que, em outubro do ano passado, Doria chegou a anunciar 21 mil vagas em concursos públicos para carreiras policiais. De lá para cá, duas seleções foram autorizadas: uma para 2.700 vagas de soldado da PM-SP, já  em andamento e com prova marcada para 28 de julho, e 2.939 vagas cargos de nível superior na PC-SP.

“A atual gestão investe nas policias paulistas e em seus quadros de funcionários. Novos certames serão abertos, inclusive os estudos de viabilidade estão em andamento. O objetivo da atual gestão é realizar concursos anuais para todas as policias”, afirmou Doria na oportunidade.

Concurso PC-SP autorizado para 2.939 vagas



Do total de vagas ofertadas, 1.600 são para o cargo de escrivão de polícia, 900 para investigador de polícia, 250 para delegado de polícia e 189 para médico legista, todos destinados a quem possui formação de nível superior.

Para as carreiras de escrivão e investigador, que exigem ensino superior em qualquer área, a remuneração inicial é de R$ 4.435,62, valor composto pelo salário básico de R$ 3.743,98 e adicional de insalubridade de R$ 691,64. No caso de médico legista (nível superior em Medicina), os ganhos iniciais são de R$ 8.207,66, considerando o salário de R$ 7.516,02 e o adicional. Para a carreira de delegado (nível superior em Direito e dois anos de atividade jurídica ou dois anos de efetivo exercício em cargo de natureza policial, o inicial é de R$ 10.579,71, considerando salário de R$ 9.888,07 mais o adicional.

LEIA TAMBÉM

Outras Notícias