• Por: Yuri Salso - Publicado em 15/04/2019 17h02 - Atualizado em 16/04/2019 14h05
Após o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, anunciar a contratação de 1.000 candidatos aprovados no concurso público da Polícia Federal (PF) realizado em 2018, agora foi a vez do presidente Jair Bolsonaro confirmar as admissões. Em uma publicação em sua conta no Twitter no último domingo, 14 de abril, Bolsonaro anunciou que “o objetivo é compor gradativamente o quadro de inteligência, como no trabalho da Lava-Jato (combate à corrupção) e outros serviços de segurança nacional dentro do orçamento possível destes primeiros 100 dias de mandato”.
 
A Polícia Federal é uma das exceções do recente decreto publicado que regulamenta os concursos públicos federais, publicado por Bolsonaro no fim de março. O órgão faz parte de uma relação de concursos que não dependerão de autorização do Ministério da Economia para serem realizados, ficando sob a responsabilidade do diretor-geral da própria Polícia Federal.
 
O concurso Polícia Federal 2018 foi destinado a preencher 500 vagas distribuídas entre os cargos de agente (180), delegado (150), escrivão (80), perito (60) e papiloscopista (30), todas com exigência de nível superior de formação e ganhos iniciais variando de R$ 12.441,26 a R$ 23.130,48. Ou seja, o governo contratará 100% a mais do que o previsto. A distribuição das mil convocações por cargo ainda não foi revelada.
 

Resultado final do concurso PF já foi publicado

 
O resultado final do concurso PF 2018 foi publicado na última sexta-feira, 12 de abril. O Cebraspe, banca organizadora da seleção, divulgou em seu site o resultado da fase de avaliação psicológica para todos os cargos, a convocação para a avaliação de títulos (somente para os cargos de delegado e perito criminal) e a convocação para o envio dos documentos necessários à matrícula no curso de formação profissional (CFP), também para todos os cargos.
 
Os candidatos convocados para a avaliação de títulos têm somente até as 18h desta terça-feira, 16 de abril, para a entrega da documentação. Já para efetuar a matrícula no curso de formação, os documentos necessários devem ser enviados por meio de upload, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/pf_18, até as 18h de 17 de abril.
 
O edital com a relação provisória dos candidatos que enviaram a documentação necessária para ingresso no curso será publicado na data provável de 22 de maio, no site do Cebraspe. O curso de formação será realizado na Academia Nacional de Polícia, no Distrito Federal (DF), sob regime de internato.
 
Com mais de 147 mil candidatos inscritos, a primeira etapa da seleção foi realizada no dia 16 de setembro de 2018, nos períodos da manhã e da tarde, e contou com provas objetiva e discursiva. Os testes foram aplicados em todas as capitais, além do Distrito Federal.
 
As lotações serão para os estados do Acre (AC), Amapá (AP), Amazonas (AM), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Pará (PA), Rondônia (RO), Roraima (RR) e Tocantins (TO) e em unidades de fronteira.
 
 
blog

Outras Notícias