Central de Concursos
  • Publicado em 25/07/2013 16h47
As inscrições para o concurso de Auditor Fiscal do Trabalho serão aceitas somente até segunda-feira, dia 29. De acordo com a assessoria de comunicação do Cespe/UnB, organizador, prorrogação não está sendo cogitada.

Os novos servidores terão estabilidade garantida, além de salário atrativo, no valor de R$14.653, para jornada de 40 horas semanais. Para participar é necessário preencher a ficha de cadastro, no site do organizador. A taxa de inscrição é de R$130, poderá ser quitada até o dia 13 de agosto.

As provas objetiva e discursiva estão marcadas para os dias 8 de setembro e 6 de outubro, respectivamente. Os aprovados nessas etapas passarão por análise da vida pregressa e, aqueles candidatos que se declararem com deficiência, serão analisados por meio de uma avaliação multiprofissional.

A prova objetiva será composta por 220 questões, e o julgamento de cada item será certo ou errado, abordando as disciplinas de Conhecimentos Básicos (100 itens), denominada P1, e Conhecimentos Específicos (120 itens), denominada P2. Os candidatos deverão focar os estudos nas disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Direitos Humanos, Administração Geral e Pública e Noções de Informática, para obter bons resultados em Conhecimentos Básicos.

Para a prova Conhecimentos Específicos será necessário comprovar domínio nas disciplinas de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Auditoria, Economia do Trabalho, Direito do Trabalho, Seguridade Social, Legislação Previdenciária e do Trabalho e Contabilidade Geral.

A prova discursiva também contará com duas etapas: P3 e P4. A primeira delas, P3, consistirá em três questões, a serem respondidas em até 20 linhas cada. A P4 valerá 100 pontos e constará de três questões contendo situações-problema, a serem resolvidas, em até 20 linhas cada. A validade do concurso será de seis meses, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

Fonte: Folha Dirigida
blog

Outras Notícias