Central de Concursos
  • Publicado em 15/03/2011 00h00
A pouco mais de 10 dias do anúncio do corte do orçamento, que incluiu a notícia de que os concursos públicos federais seriam adiados, avista-se no horizonte muitas exceções, contrariando, dessa forma, o que fora anunciado. Isso significa e reforça que os candidatos devem continuar mantendo a rotina de estudos, a determinação, a esperança e a confiança.

As exceções vão desde nomeações por editais (Infraero, Fuzileiros Navais). Além disso, muitos órgãos necessitam de novos concursados, tendo em vista a carência de pessoal, futuras aposentadorias e expansão dos serviços, como é o caso do INSS e da Polícia Federal, esta última com a urgência reforçada em função da realização da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos em nosso país, ou seja, serão necessários novos concursos em breve.

Importante observar que alguns concursos federais continuam programados para este ano: Transpetro, Petrobras, Banco do Brasil, TRTs e TREs, entre outros.
blog

Outras Notícias