Central de Concursos
  • Por: Folha Dirigida - Publicado em 15/07/2014 00h00

Não há como negar que o Brasil fez bonito no campo da organização da Copa do Mundo e na receptividade aos estrangeiros. Dentro das quatro linhas, no entanto, a 'família trapo Scolari' deixou a desejar, brindando os brasileiros com atuações apagadas e um pouco honroso quatro lugar. O jeito é juntar os cacos, rever projetos e, para a torcida, sonhar com o título de hexacampeão somente daqui a quatro anos, no Mundial da Rússia. Mas você, concurseiro, não precisa esperar tanto para marcar o gol decisivo, chegar ao topo da sua vida profissional. A realização de seu sonho pode estar ali na esquina do tempo, a poucos meses de distância. Um levantamento feito indica que uma série de concursos estão programados para os próximos meses, no mais tardar, para 2015.

Em Brasília, tramitam pedidos encaminhados por órgãos ou autarquias ao Ministério do Planejamento, que já seguem em análise junto aos especialistas da pasta. Em alguns casos, a solicitação apenas chama a atenção para o quadro de carência de pessoal existente, como no caso do Ministério dos Transportes. Em outros, já estabelece cargos e quantitativos de vagas a serem negociados junto ao Governo. Somando apenas essas últimas reivindicações, chega-se ao número de 9.220 vagas solicitadas em Ministérios (do Trabalho e Emprego, da Cultura, das Comunicações e Ciência e Tecnologia), Agências reguladoras (ANTT, Abin e ANA) além de Dnit, Depen, INSS e Polícia Rodoviária Federal - apenas para citar alguns.

 

Confira os concursos mais esperados:

 

INSS
É grande a expectativa pela autorização do novo concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que deverá ser destinado ao preenchimento de 1.500 vagas de técnico. A previsão é que a aprovação da seleção seja publicada este mês, conforme informou a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em abril, aos deputados Amauri Teixeira, Roberto Santiago (PSD-SP) e André Figueiredo (PDT-CE). O INSS pediu 3.080 vagas, sendo 2 mil para técnico e 1.080 para perito médico.

 

TJ
A publicação do edital de escrevente depende apenas da definição de alguns detalhes entre o órgão e a organizadora, a Fundação Vunesp. A expectativa é de que o TJ/SP chegue a uma definição já nos próximos dias. O órgão está contabilizando as vagas preenchidas nas últimas convocações, realizadas e junho, e também concluindo os processos de remoção. Após estas etapas o órgão poderá fechar a oferta de cada região. Estima-se 1000 vagas para nível médio com remuneração inicial de R$R$ 4.848.

 

PRF
Prossegue em análise na Secretaria de Gestão Pública do Ministério do Planejamento o pedido de autorização de concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para 1.500 vagas de policial (nível superior). O processo referente à solicitação, cadastrado no último 30 de maio, está desde o dia 4 de junho no Departamento de Modelos Organizacionais e Força de Trabalho da secretaria. A seleção deverá ser realizada em 2015. O cargo de policial rodoviário federal é aberto a homens e mulheres e tem como requisitos o ensino superior completo em qualquer área e a carteira de habilitação, na categoria B em diante. Os ganhos no início da carreira são de R$6.791,25 mensais, já com o auxílio-alimentação, de R$373, incluído.

 

MTE
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) espera receber neste semestre autorização para realizar concurso de auditor-fiscal do trabalho. A pasta pediu 800 vagas ao Ministério do Planejamento, que analisa o pleito desde o fim de maio. O ministro do Trabalho, Manoel Dias, tem a intenção de fazer a seleção no início de 2015. O cargo exige graduação em qualquer área de atuação, devidamente registrada e fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. O salário inicial é de R$14.965. Os auditores fiscalizam o cumprimento das normas trabalhistas, entre outras atribuições, e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

 

Depen
O ano de 2015 já reserva uma boa oportunidade para aqueles que desejam atuar na área de Segurança Pública federal. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) deseja abrir no próximo ano um novo concurso para 640 vagas, sendo 604 apenas para agente penitenciário federal, cargo de nível médio, com remuneração inicial de R$5.164,58. A autorização para isso já foi solicitada ao Ministério do Planejamento. Para ingressar no cargo de agente penitenciário, é necessário possuir, além do ensino médio completo, a carteira de habilitação na categoria B ou superior. A contratação é pelo regime estatutário, que prevê estabilidade e benefícios como o auxílio-alimentação, no valor de R$373, já incluído na remuneração informada.

 

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias