• Por: Yuri Salso - Publicado em 17/03/2017 11h47 - Atualizado em 30/03/2017 13h08

data-cke-saved-src="/imagens/noticia/interna137.jpg"

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmou, nesta quinta-feira (30/03), a banca organizadora do seu concurso público para 26.440 vagas temporárias, autorizado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), visando à realização do próximo Censo Agropecuário.

A banca organizadora, escolhida por meio de dispensa de licitação, é a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A expectativa é que o edital seja publicado nos próximos dias.

De acordo com a portaria do MPOG que autoriza a seleção, publicada no dia 17 de março, os contratos terão duração inicial de um ano, podendo ser prorrogados por mais dois. Os aprovados também terão direito ao 13º salário e férias remuneradas.

 

Cargos e remunerações


O grande destaque do concurso IBGE 2017 são as 19.013 vagas para o cargo de recenseador, função que exige o nível fundamental.

Para o nível médio, as oportunidades são de agente censitário regional (375), com iniciais de R$3.458, e de agente censitário administrativo (381), que oferece ganhos de R$2.018. Também há vagas de agente censitário municipal (1.285), agente censitário supervisor (4.946) e de agente censitário de informática (174).

A chance para o nível superior é de analista censitário (266), que conta com vencimentos iniciais de R$7.624.

Os valores mencionados referentes aos vencimentos foram divulgados pelo IBGE no edital do concurso cancelado em 2016. Para os demais cargos, as remunerações não foram informadas, porém, sabe-se que, para agentes censitários, os ganhos são superiores a R$2.018, e, para recenseadores, podem chegar a R$3.000, pois a remuneração varia conforme o número de pessoas e domicílios pesquisados.

 

Censo Agropecuário


A realização do Censo Agropecuário é vista como prioridade dentro do IBGE, já que a última vez que ele foi realizado foi em 2006. A necessidade de fazer um novo levantamento de informações sobre estabelecimentos agropecuários, florestais e aquícolas dos municípios do país é enorme.

No orçamento da União de 2017, havia um adendo feito pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado Federal, mostrando a urgência na realização deste censo. Outra observação feita pela CRA é que a abertura do concurso para temporários ajudaria a diminuir a taxa de desemprego.

 

Último concurso IBGE


Para analista censitário e agentes censitário regional ou administrativo, as disciplinas costumam ser Português, Noções de Administração e Situações Gerenciais, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos. Já para agentes censitário municipal, supervisor e de informática, as questões deverão ser sobre Português, Raciocínio Lógico, Noções de Administração, Conhecimentos Técnicos e Noções de Informática. Para recenseador, deverão ser 50 itens de Português (10), Matemática (10), Conhecimentos Gerais (10) e Conhecimentos Técnicos (20).

Em 2013, o IBGE lançou edital para um outro concurso com 7.825 oportunidades temporárias. A seleção ficou sob a organização da Fundação Cesgranrio e contemplou ofertas para 546 municípios distribuídos entre os 26 estados, mais o Distrito Federal.

Os cargos de agente de pesquisas e mapeamento (7.600 vagas) e agente de pesquisas por telefone (180) exigiam o nível médio. As demais chances se destinaram aos postos de analista censitário de geoprocessamento (27) e supervisor de pesquisas (18), funções de nível superior.

Todos os concorrentes passaram por testes objetivos com questões de múltipla escolha no início de 2014.
 

Outras Notícias