Central de Concursos
  • Publicado em 12/02/2015 00h00
A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) anunciou que está oficialmente suspenso o concurso público para preenchimento de 4.019 vagas para cadastro de reserva. 
 
A suspensão foi determinada pela Justiça Federal, atendendo a um pedido do Ministério Público Federal em Rondônia, que julgou desrespeitosa e desigual a aplicação de provas em data distinta na cidade de Porto Velho/RO, o que aconteceu após a primeira aplicação ser cancelada devido a um equívoco no envio de um dos malotes que era destinado ao município. A Dataprev e o Instituto Quadrix - organizador da seleção - comunicaram que, devido a isso, houve a anulação parcial do concurso apenas para os candidatos que optaram fazer a prova em Porto Velho – 609 candidatos, de um total de mais de 62 mil. Dessa forma, as provas foram aplicadas novamente, apenas para esses candidatos, em meados de dezembro.
 
De acordo com o MPF, "esse fato desrespeita o princípio de igualdade entre os candidatos, pois, como as provas são diferentes, a cobrança de conteúdos e conhecimentos é distinta para os dois grupos de candidatos que pleiteiam o mesmo cargo”.
 
Vale ressaltar que a paralisação só não envolve o cargo de analista de tecnologia da informação nas áreas de prospecção de soluções e melhoria de processo e análise de informações, cuja aplicação de provas não apresentou problemas.
 
blog

Outras Notícias