Central de Concursos
  • Publicado em 02/12/2014 00h00
Decisão da Justiça do Trabalho – juíza Audrey Choucair Vaz da 15ª. Vara do Trabalho de Brasília , do último dia 19, poderá levar os Correios a contratar, por meio de concurso público, cerca de 30 mil trabalhadores. Esse número corresponde a quantidade de terceirizados irregulares existentes na estatal.
A decisão ainda requer que os Correios identifique a demanda de trabalhadores efetivos que deverão ser contratados por meio do concurso de 2011. O prazo para esse estudo é de seis meses. A empresa   deverá recorrer. Porém, prevalecendo a decisão da JT, os Correios poderão ser obrigados a realizar o novo concurso, caso a demanda  de trabalhadores efetivados não possa ser suprida.
 
O fato de haver ainda um concurso vigente foi um dos motivos da não realização de um novo.
 
Num novo provável concurso as oportunidades deverão ser para carteiro, operador de triagem e atendente comercial (exigência do nível médio). As oportunidades para quem possui nível superior deverão ser distribuídas em diferentes especialidades.
 
 Relembrando
Um novo concurso havia sido anunciado e aguardado para 2012, inclusive e o chefe de gabinete da presidência  da estatal, Sr. Adeilson Ribeiro Telles, chegou a afirmar que o edital já estava praticamente pronto e que seria publicado em março ou abril, porém o presidente do órgão,  Sr.Wagner Pinheiro, informou que ainda será iniciado um planejamento para avaliar a real necessidade de realização de concurso em 2015.
blog

Outras Notícias