Central de Concursos
  • Publicado em 07/03/2014 00h00
data-cke-saved-src="/imagens/noticia/interna176.jpg"O fim do carnaval traz grandes expectativas para quem pretende participar do concurso dos Correios, já que o edital poderá sair este mês, no máximo no início de abril, conforme havia dito o chefe de gabinete da presidência da estatal, Adeílson Ribeiro Telles. Por conta disso, é importante que, durante as próximas semanas, os candidatos intensifiquem seus estudos.
 
Apesar de o organizador não ter sido oficialmente definido, uma fonte ligada à seleção disse que há grande chances de o Cespe/UnB ser oficializado. As localidades e o número de vagas ainda não foram informados, mas o chefe de gabinete havia informado que todas as capitais, provavelmente, serão contempladas, e que a oferta deverá ser próxima à do último concurso, realizado em 2011, que teve 9.190 oportunidades, sendo 8.346 para o nível médio. 
 
Este ano já está certo que a maior parte das vagas será para o nível médio, ou seja, para carteiro, atendente e operador de triagem e transbordo. A remuneração é de R$2.006,65 ou de R$1.893,50, sendo R$1.084,35 de vencimento inicial, R$763,80 de vale-alimentação para quem trabalha 27 dias por mês e R$650,65 para 23 dias e R$158,50 de vale cesta-básica. Para carteiro, a remuneração média pode chegar a cerca de R$2.200, considerando ainda outros adicionais.
 
A estatal tem tradição em convocar muitos aprovados. Um exemplo disso é a seleção anterior, que já resultou na admissão de 23.688 candidatos (2.120 no Rio de Janeiro), sendo 3.196 para operador, 14.409 para carteiro e 6.083 para atendente. Este concurso ainda está em validade, por conta de uma determinação da Justiça do Trabalho, que prorrogou o prazo até o término do processo, e, por conta disso, os Correios continuam fazendo convocações.
 
Em 2011 os candidatos de nível médio foram avaliados através de prova objetiva, composta por 60 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa, 20 de Matemática e 20 de Informática. Para carteiro e operador ainda houve um teste de capacidade física laboral.

No nível superior, até R$4.962 mensais
 
Além do nível médio, também está confirmado que no concurso dos Correios haverá chances para o nível superior. A remuneração, nesse caso, é de R$4.962,05 ou de R$4.848,90, sendo R$4.039,75 de vencimento-base e R$763,80 de vale-alimentação, para quem trabalha 27 dias por mês e R$650,65 para 23 dias e R$158,50 de vale cesta-básica.
 
Ainda não foram definidas as especialidades que serão contempladas, mas é provável que sejam as mesmas da última seleção, realizada em 2011. Na ocasião, os cargos foram enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, analista de saúde em Medicina e Odontologia e analista de Correios em diversas especialidades (como advogado, engenheiro, contador, arquiteto, economista, entre outras).
 
Em 2011, os participantes foram submetidos a uma prova objetiva, que contou com 120 questões, sendo 50 com conteúdos de Conhecimentos Básicos (distribuídos nas matérias de Língua Portuguesa, Informática, Inglês e Administração Pública) e 70 de Conhecimentos Específicos. A seleção anterior também contemplou carreiras de nível médio/técnico: técnico de operação e de atendimentos e venda. A remuneração é de R$2.851,33 ou de R$2.738,18, dependendo do número de dias trabalhados e já incluindo os auxílios. Na époa, as questões foram de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Informática, Inglês e Administração Pública) e Conhecimentos Específicos.
 
Fonte: Folha Dirigida

 

blog

Outras Notícias