Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 07/07/2017 15h51 - Atualizado em 07/07/2017 17h23

No último dia 31 de maio, foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico que o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) assinou contrato de prestação de serviços com a Fundação Vunesp, para que a instituição fique com a responsabilidade de organizar todos os concursos públicos que serão lançados pelo TJ/SP até o final da vigência contratual.

Segundo o setor de recursos humanos do tribunal, não há previsões de novos concursos no momento, entretanto, a expectativa é que até o fim do ano o órgão inicie os preparativos.

Um indicativo de que um novo concurso TJ/SP será realizado em breve é que a seleção anterior de escrevente técnico judiciário, para as regiões não contempladas no edital lançado este ano, ficará vigente somente até o início de dezembro. Outra evidência é que os tribunais têm o costume de publicar editais antes do vencimento do prazo dos concursos, para que haja um banco de aprovados para suprir a defasagem de pessoal.

 

Concurso para o interior e litoral de São Paulo


As regiões administrativas do TJ/SP que devem ser contempladas nos próximos concursos são as seguintes: 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª e 10ª. Elas compreendem cidades do interior e litoral do estado de São Paulo.

A 2ª região abrange Lins, Araçatuba, Andradina e Jales, enquanto a 3ª compreende Botucatu, Avaré, Ourinhos, Bauru e Jaú. A 5ª região tem circunscrição em Assis, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Dracena, Tupã e Marília.

Já as sedes da circunscrição judiciária da 6ª região ficam em São Carlos, Araraquara, Franca, Batatais, Ituverava, Ribeirão Preto, Jaboticabal e Casa Branca. A 7ª região compreende Santos, Registro e Itanhaém.

Na 8ª estão as circunscrições de Barretos, Catanduva, São José do Rio Preto, Votuporanga e Fernandópolis, ao passo que a 9ª região engloba São José dos Campos, Taubaté, Guaratinguetá e Caraguatatuba. Por fim, a 10ª região tem circunscrição em Sorocaba, Itu, Itapetininga e Itapeva.

 

Mais detalhes sobre o concurso TJ/SP


Os concursos do Tribunal de Justiça de São Paulo costumam abranger o cargo de escrevente técnico judiciário. A carreira de escrevente pede apenas o nível médio de escolaridade e oferece remuneração inicial de R$ 6.271,26, valor que inclui salário-base de R$ 4.951,26 (valor ainda a ser chancelado pela presidência do órgão), auxílio-alimentação de R$ 45 por dia (R$ 990, considerando 22 dias) e auxílio-saúde de R$ 330. Os servidores ainda contam com auxílio-transporte.

Um indicativo de que outras funções também serão contempladas é o fato de o contrato do TJ/SP com a Vunesp já delimitar os valores das taxas de inscrição por nível de escolaridade: R$ 42 para os cargos de nível fundamental, R$ 72 para nível médio e R$ 85 para nível superior.

 

Últimos concursos TJ/SP


Em março deste ano, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo lançou edital com 590 oportunidades para escrevente distribuídas entre a 1ª região (capital e Grande São Paulo) e 4ª região (Campinas). O processo seletivo também foi organizado pela Fundação Vunesp.

No dia 2 de julho, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva com 100 questões de múltipla escolha sobre Português, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Normas da Corregedoria Geral da Justiça, Atualidades e Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência, Matemática, Informática e Raciocínio Lógico.

Os aprovados na primeira fase do concurso TJ/SP 2017 serão avaliados por meio de prova prática, composta por formatação de texto e digitação, em data ainda a ser definida.

Já o último concurso para as demais regiões administrativas contemplou 345 vagas e foi realizado em 2015. A triagem dos participantes foi igual ao do certame de 2017, já que incluiu as 100 questões objetivas e mais a prova prática de digitação e formatação.
 

blog

Outras Notícias