Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 12/04/2016 09h20
O Projeto de Lei n° 8.256/2014, que visa a criação de 973 cargos efetivos no quadro de pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, com sede em Campinas e jurisdição em quase todo o interior de São Paulo, continua sendo avaliado na Câmara dos Deputados. A proposta permanece em análise na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) desde o final de 2015. Após ser analisado na CFT, o documento será examinado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e votado no Plenário para poder ser aprovado no Senado Federal.
 
Do total de vagas, 593 são para analista judiciário, divididas entre as áreas judiciária, judiciária – oficial de Justiça avaliador federal e administrativa, e 380 para técnico judiciário
 
 
A função de técnico exige nível médio completo, já os cargos de analista na área judicial e oficial de Justiça avaliador federal exigem diploma de graduação em direito. Para analista na área administrativa é necessária formação superior em qualquer curso é. As remunerações iniciais são de R$6.224 para técnico e R$9.787 para analista.
 
O último concurso do TRT da 15ª Região teve a Fundação Carlos Chagas (FCC) como banca organizadora. O processo seletivo contou com prova objetiva e, dependendo do cargo, prova discursiva e estudo de caso.
 
 
A Central de Concursos oferece cursos preparatórios para concursos públicos abertos em Campinas e região. Consulte a unidade.
 
blog

Outras Notícias