Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 09/08/2019 10h40 - Atualizado em 09/08/2019 11h30
O concurso TRF 3 já tem banca organizadora definida. Por meio de dispensa de licitação, a Fundação Carlos Chagas (FCC) foi escolhida como responsável pela organização do concurso que contará com vagas para técnicos e analistas nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. A decisão foi publicada nesta sexta-feira, 9 de agosto, no Diário Oficial da União.
 
Apesar de ainda não haver um quantitativo de vagas definido, a assessoria do TRF 3 confirmou quais serão as especialidades de técnico e analista que serão contempladas e para qual seção judiciária será ofertada cada oportunidade. As chances serão para os níveis médio, médio/técnico e superior, distribuídas da seguinte forma:

• Técnico Judiciário - Área administrativa (Nível médio): TRF 3, seções judiciárias de São Paulo e Mato Grosso do Sul;
• Técnico Judiciário - Área de informática (Formação técnica específica): TRF 3; 
• Analista Judiciário - Área judiciária (Nível superior em Direito): TRF 3 e seção de São Paulo;
• Analista Judiciário - Área de informática (Nível superior em área específica): TRF 3.

Com a definição da banca organizadora, o próximo passo para a realização do concurso TRF 3 2019 é a assinatura do contrato entre as partes e o fechamento de detalhes do edital. A expectativa é que isso aconteça o quanto antes, uma vez que a validade da última grande seleção para o órgão, iniciada em 2013, encerrou em 25 de abril de 2018.

Benefícios e remunerações do concurso TRF 3


A remuneração inicial atual para os técnicos é de R$ 8.501,45, valor composto pela soma do salário de R$ 7.591,37 e o auxílio-alimentação de R$ 910,08 por mês. Para analistas os ganhos iniciais são de R$ 13.365,38, já considerando o salário de R$ 12.455,30 e o auxílio-alimentação.

Além disso, os servidores têm direito aos seguintes benefícios: R$ 719,62 de assistência pré-escolar; R$ 215 de assistência médica e odontológica (Participação União); e auxílio-transporte (valor variável).

Saiba como foi o último concurso TRF 3


Iniciada em 2013, a validade da última grande seleção do TRF 3 encerrou no último dia 25 de abril. Depois disso, o órgão realizou outro concurso, em 2015, somente para algumas áreas específicas de técnicos e analistas.

No concurso de 2013 foram oferecidas 260 vagas, sendo 125 para analistas e 135 para técnicos. Do total, 195 foram para a região metropolitana de São Paulo, 50 para o interior e 15 para o Mato Grosso do Sul. Na ocasião, a Fundação Carlos Chagas foi a banca organizadora.

No caso de técnicos, a seleção foi para as áreas administrativa, administrativa – segurança e transporte, telecomunicações e eletricidade, contabilidade, enfermagem, informática e segurança do trabalho.

Para os analistas, áreas judiciária, judiciária oficial de justiça avaliador federal, arquivologia, biblioteconomia, contador, engenharia civil, engenharia mecânica, informática, informática – banco de dados, informática –infraestrutura, medicina – cardiologia, medicina – ortopedia, medicina – psiquiatria, psicologia do trabalho e serviço social.

Confira o quadro com todos os cargos, requisitos e remunerações do concurso TRF 3 2013:

Concurso TRF 3 2019

Edital concurso TRF 3 2013 

Curso preparatório para o concurso TRF 3


Pensando na sua aprovação no concurso TRF 3 2019, a Central de Concursos elaborou um curso preparatório baseado no conteúdo cobrado na última seleção para o cargo de técnico administrativo. É a sua chance de estudar com a equipe pedagógica mais experiente do mercado, com quase 30 anos de experiência em preparação para concursos públicos.

Não espere o edital ser publicado. Faça sua matrícula e largue na frente para conquistar uma das vagas.

blog

Outras Notícias