Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 09/03/2020 16h19 - Atualizado em 09/03/2020 16h23
Novos concursos TJ-SP são aguardados (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça de São Paulo registra 10.159 cargos vagos, em um cenário sem novos concursos TJ SP. Os dados são de agosto de 2019 e constam no site do próprio órgão. Pelo espaço de tempo é possível que os números atuais sejam ainda maiores, considerando as aposentadorias, mortes, exonerações e desligamentos em geral.

A maior carência é para oficial de justiça, cargo de nível superior, com 4.912 postos sem preenchimento.  O déficit de escrevente técnico judiciário, de nível médio, também é expressivo: faltam 4.222 profissionais na função.

No nível fundamental, a carência é para agente de segurança. Já no nível médio, falta agente de fiscalização, auxiliar de saúde e técnico em informática. Enquanto no nível superior, há cargos vagos de administrador judiciário, arquiteto, assistente social, bibliotecário, contador, enfermeiro, engenheiro, médico, psicólogo.
 

Saiba como foram os últimos concursos para escrevente do TJ SP

 
O TJ SP realizou dois concursos públicos, um em 2017 e outro em 2018, ambos destinados ao cargo de escrevente. No de 2017, a seleção foi para preenchimento de 590 vagas, todas para lotação em São Paulo (1ª Região Administrativa) e em cidades da 4ª Região Administrativa, com sede em Campinas. Já no de 2018, foram oferecidas 235 vagas para lotação em cidades que compõem a 2ª, 3ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª e 10ª Regiões Administrativas (litoral e interior de São Paulo).

Nas duas oportunidades, o processo seletivo foi composto por duas etapas, sendo a primeira delas uma prova objetiva – de caráter eliminatório e classificatório –, com 100 questões de múltipla escolha. As questões foram divididas em três blocos:

• BLOCO I: Língua Portuguesa (24 questões);
• BLOCO II: Conhecimento em Direito (Direito Penal, Processual Penal, Processual Civil, Constitucional, Administrativo e Normas da Corregedoria Geral de Justiça / 40 questões no total);
• BLOCO III: Conhecimentos Gerais (Atualidades, Matemática, Informática e Raciocínio Lógico / 36 questões no total).

A segunda etapa contou com uma prova prática de formatação e digitação.


Atribuições do cargo de escrevente


O escrevente técnico judiciário tem como funções executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam suporte técnico e administrativo às unidades do TJ, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente e atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas. Ou seja, faz andar toda a movimentação de processos dentro do TJ.

O cargo garante remuneração inicial de R$ 6.193,73 mensais, valor composto pela soma do salário inicial de R$ 4.706,53, auxílio-alimentação de R$ 990, auxílio-saúde de R$ 330 e auxílio-transporte de R$ 167,20. O único requisito para concorrer a uma das vagas é ter o nível médio de escolaridade.

 

TJ SP admite necessidade de concurso para oficial de justiça


A falta de 10 mil profissionais foi reconhecida por membros da comissão de Orçamento, Planejamento e Finanças do Tribunal de Justiça de São. Em reunião com a Associação dos Oficiais de Justiça do Estado (AOJESP), em maio de 2019, foi levantada a possibilidade de um novo concurso para oficiais de justiça.

O quantitativo de servidores da carreira está em queda pelas aposentadorias em diversas comarcas do Estado. Segundo a categoria, isso foi fomentado, sobretudo pela Reforma da Previdência.

Presente na reunião, a Dra. e membro da comissão, Tatiana Magosso, disse que a questão orçamentária impede atualmente a realização de um novo concurso TJ-SP. A reivindicação para um novo edital, no entanto, está em análise pelo tribunal.

“O TJ está passando por uma crise muito peculiar e que não nos possibilita de estabelecer uma previsão de um novo concurso para o cargo de Oficial de Justiça”, apontou Tatiana.

A doutora ainda ressaltou que o órgão admite a necessidade e que a reivindicação da AOJESP está em estudo. O mesmo foi frisado pelo desembargador Aguilar Cortez.

A remuneração inicial dos oficiais de justiça, em São Paulo, é de R$ 7.550,48. O valor está na planilha publicada pelo tribunal em março deste ano. Para concorrer, agora, é necessário do nível superior.

Curso concurso escrevente TJ SP


Foram 440 alunos da Central aprovados no último concurso do TJ/SP (capital). Faça como eles, matricule-se e tenha o melhor time de professores e o material mais completo, para colocar você mais próximo do sonho da carreira pública.


LEIA TAMBÉM:



*Com informações do Jornal Folha Dirigida

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias