Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 17/03/2020 17h32 - Atualizado em 23/04/2020 10h20
Edital TCM 2020 oferece vagas para auxiliares (nível médio) e agentes (nível superior) de fiscalização

Estão suspensas as provas do concurso TCM SP 2020 (Tribunal de Contas do Município de São Paulo), que oferece vagas para os cargos de auxiliar técnico de fiscalização (nível médio) e agente de fiscalização (nível superior). A informação foi divulgada por meio da publicação de uma Portaria Interna.

As suspensões e os adiamentos das provas de concursos públicos por conta do surto causado pelo Coronavírus (Covid-19) devem se repetir em diversas áreas do Brasil. Em São Paulo, o prefeito Bruno Covas publicou decreto que declara situação de emergência no Município. No documento, o artigo número 11 prevê a vedação da realização de provas de concurso público da Administração Direta, Autarquias e Fundações durante o período de emergência.

Com a suspensão das provas, o cronograma do concurso TCM SP também está sendo reavaliado. Com isso, as inscrições para a seleção que iam até o dia 26 de março, foram prorrogadas até esta quinta-feira, 23 de abril.

As inscrições devem ser feitas no site da Fundação Vunesp, banca organizadora responsável pela seleção.  O valor da taxa de participação varia de acordo com o cargo pretendido: R$ 75 para as oportunidades de auxiliar técnico e R$ 120 para as de agente de fiscalização.

Resumo do concurso TCM SP


Órgão: Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM SP)
Vagas: 12 imediatas
Cargos: Agente de Fiscalização e Auxiliar Técnico de Fiscalização
Escolaridade: Níveis médio e superior
Remuneração: até R$ 18.829,53
Status: edital publicado e provas suspensas
Inscrições: prorrogadas até 23 de abril de 2020
Banca organizadora: Fundação Vunesp
 

Informações sobre o concurso TCM SP


O edital do concurso TCM SP 2020 foi publicado no último dia 29 de fevereiro. Com oportunidades para cargos de nível médio e de nível superior, o destaque da seleção fica por conta da remuneração em início de carreira, que pode chegar a R$ 18.829,53.

A seleção preencherá 12 vagas para contratação imediata. No entanto, serão classificados 360 candidatos para nível médio e 564 para nível superior para futuras contratações durante o período de validade do concurso, que pode chegar a quatro anos.

Dos 360 classificados para nível médio, 10 vagas são para contratação imediata para o cargo de auxiliar técnico de fiscalização, sendo 8 na área de suporte administrativo e 2 para a área de técnico de informática. A remuneração inicial de R$ 10.317,32 inclui salário básico de R$ 5.046,82 e gratificação de incentivo e especialização e produtividade de R$ 5.250,70, que os servidores passam a receber após seis meses de exercício. No caso de técnico de informática, os interessados devem possuir curso técnico de TI e três anos de experiência como programador, desenvolvedor ou codificador.

Para nível superior, dos 564 classificados, serão 2 vagas para contratação imediatas para agente de fiscalização na área de ciências atuariais, além de cadastro reserva para as áreas de administração, ciências contábeis, ciências jurídicas, economia, engenharia civil e tecnologia da informação. Os interessados devem possuir formação na respectiva área de atuação e o vencimento inicial será de R$ 18.829,53, incluindo salário de R$ 10.818,37 e a gratificação de R$ 8.011,16. No caso de tecnologia da informação, os candidatos devem possuir experiência mínima de três anos na função.

Saiba como serão as provas do concurso TCM SP


Antes de ser suspensa, a aplicação das provas para os cargos de auxiliar técnico de fiscalização estava marcada para ocorrer no dia 26 de abril, no período da tarde. Já para o cargo de agente de fiscalização, as provas ocorreriam no dia 19 de abril, sendo uma parte no período da manhã (prova objetiva) e outra no período da tarde (provas de redação e discursiva). Agora, o concurso TCM SP aguarda novas datas para aplicação dos teste.

Para todos os auxiliares haverá 60 questões objetivas e uma redação. No caso de suporte administrativo serão 20 questões de língua portuguesa (com peso 2), 10 de raciocínio lógico (peso 2) e 30 de conhecimentos específicos (peso 1).

Para auxiliar na área de tecnologia de informação serão 15 de língua portuguesa (peso 2), 25 de conhecimentos específicos (peso 1) e 20 de conhecimentos especializados (peso 3).

Para os agentes serão 100 questões objetivas, uma redação e 3 questões discursivas. Para a área de tecnologia da informação a parte objetiva terá 20 questões de língua portuguesa (peso 1), 40 de conhecimentos específicos (peso 1) e 40 de conhecimentos especializados (peso 2).

Para todas as demais carreiras, 20 de língua portuguesa (peso 1), 10 de raciocínio lógico (peso 1) , 40 de conhecimentos específicos (peso 1) e 30 de conhecimentos especializados (peso 2).
 

Sobre o Tribunal de Contas do Município de São Paulo TCM SP


O Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM-SP) realiza fiscalização e o controle da receita e da despesa do município de São Paulo, depois analisa e emiti parecer técnico sobre as contas do poder executivo e suas empresas públicas, autarquias e sociedades de economia mista e do poder legislativo assim como decide sobre a regularidade ou não dos gastos, de acordo com os termos do art. 71, II, da Constituição Federal.

O TCM SP é um órgão independente e autônomo, que não mantém relação de subordinação com nenhum dos poderes, tendo garantida sua liberdade de decidir. O órgão é um legítimo instrumento para que a sociedade possa participar diretamente, pois a sua missão é exercer controle externo sobre a Administração Pública no que se refere à fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial, e nos aspectos da legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das subvenções e renúncia de receitas.

LEIA TAMBÉM:

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias