Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 17/08/2021 15h51 - Atualizado em 17/08/2021 16h57
Concurso Receita Federal deve ter novo edital publicado em breve (Foto: Divulgação/Agência Brasil)

Boas notícias para quem aguarda pelo novo concurso Receita Federal! Em declaração para o Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional), o coordenador geral de tecnologia e segurança da informação da Receita, Juliano Brito da Justa Neves, afirmou que ainda é possível ter o aval este ano e realizar algumas fases da seleção.

O sindicato informou que os diretores Levindo Siqueira Jorge e Leandro Pereira de Oliveira estiveram reunidos com Juliano Brito, que também é auditor-fiscal, na última sexta-feira (13).

Com relação ao edital, mantém-se o planejamento de liberá-lo em setembro, desde que o aval venha a ser publicado o quanto antes. Como o órgão já está em contato com as bancas organizadoras, é bem possível que esse processo de elaboração do documento seja mais rápido do que se imagina.

No entanto, de acordo com Juliano, a nomeação dos candidatos segue prevista para ocorrer em 2022, com prazo máximo para o meio do ano, haja vista as eleições presidenciais.

A previsão é de que sejam liberadas entre 699 a 800 vagas para analista-tributário e auditor-fiscal, carreiras que exigem nível superior em qualquer área e têm remunerações de R$12.142,39 e R$21.487,09, respectivamente, já incluindo R$458 de auxílio-alimentação.

LEIA TAMBÉM:


Saiba como foram os últimos concursos Receita Federal

A Receita Federal realizou seus últimos concursos em 2012 e 2014. A seleção de 2012 foi para analista-tributário. A prova objetiva foi composta por 135 questões, sendo 75 de Conhecimentos Básicos (20 de Português, dez de Inglês ou Espanhol, dez de Raciocínio Lógico-Quantitativo e 25 de Direito Administrativo e Direito Constitucional, dez de Administração Geral) e 60 de Conhecimentos Específicos (20 de Direito Tributário, dez de Contabilidade Geral e 30 de Legislação Tributária e Aduaneira). Quem optou pela área/especialidade de Informática, as 30 questões de Legislação Tributária e Aduaneira foram substituídas por 30 de Informática. Os candidatos também passaram por avaliação dissertativa e a uma etapa de sindicância de vida pregressa.

Já o concurso de 2014 foi para a carreira de auditor-fiscal. Na época, a prova objetiva contou com 140 questões, sendo 70 de Conhecimentos Gerais (20 de Língua Portuguesa, dez de Inglês ou Espanhol, dez de Raciocínio Lógico-Quantitativo, dez de Administração Geral e Pública, dez de Direito Constitucional e dez de Direito Administrativo) e 70 de Conhecimentos Específicos (15 de Direito Tributário, dez de auditoria, 20 de Contabilidade Geral e Avançada, dez de Legislação Tributária e 15 de Comércio Internacional e Legislação Aduaneira). Além disso, os candidatos também fizeram uma prova discursiva e passaram por sindicância de vida pregressa.

A organizadora responsável pelos dois concursos foi a Esaf, mas a banca não ficará mais à frente dos concursos da Receita Federal. Isso porque resolução do Comitê Estratégico de Governança da Fazenda (CEG), publicada em agosto do ano passado, determina que a Esaf seja responsável apenas pela contratação e fiscalização de bancas organizadoras para as primeiras etapas dos concursos para órgãos fazendários, não se responsabilizando mais pelas provas objetiva e discursiva. Apesar disso, até que o novo edital seja divulgado, os futuros candidatos devem se basear no edital anterior. 

Ficha Técnica Concurso Receita Federal 2021

Órgão: RFB - Receita Federal do Brasil
Status: Concurso solicitado
Vagas: 699 a 800
Cargos: Analista-Tributário e Auditor-Fiscal
Áreas de Atuação: Tributária/Fiscal
Escolaridade: Ensino Superior
Remuneração: até R$ 21.487,09
Abrangência: Nacional
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias