• Por: Yuri Salso - Publicado em 03/09/2015 16h00 - Atualizado em 20/10/2016 16h00

A comissão criada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para tratar da elaboração do edital de concurso público para o cargo de policial rodoviário federal pretende reforçar a necessidade de pessoal na instituição.
 

O documento usado para acentuar a defasagem de servidores, que deverá conter os dados atualizados do impacto da falta de policiais rodoviários federais para a segurança pública e a previsão de aposentadorias até o final do ano de 2017, será entregue ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

A PRF pretende reapresentar o pedido de autorização de concurso público no início de 2017, para que possa ser inserido no orçamento de 2018. Se o governo aceitar os argumentos do documento do órgão, a seleção poderá ser autorizada já no ano que vem, uma vez que as nomeações também só teriam efeito no orçamento de 2018.
 

 

Concurso Polícia Rodoviária Federal (PRF)

 
 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) criou, por meio da Portaria nº 2734/2016, uma comissão que ficará responsável por elaborar o edital para o seu próximo concurso público. Segundo o documento, a minuta do edital deverá ficar pronta até o dia 30 novembro deste ano, com o prazo podendo ser prorrogado por até 30 dias.
 
A medida mostra que, mesmo com a recente devolução do pedido de autorização do novo concurso, para o preenchimento de 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário federal, por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a PRF insiste na necessidade da realização de um novo processo seletivo para recompor o seu quadro de pessoal. O déficit de funcionários no órgão é grande e a previsão é que, até o fim de 2017, mais 3.600 policiais se aposentem.
 
O cargo de policial rodoviário federal é aberto àqueles que possuem nível superior completo em qualquer área e carteira nacional de habilitação (CNH), a partir da categoria "B". Os ganhos iniciais da carreira são de R$ 7.177,91 já com o auxílio-alimentação de R$ 458, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais. 
 
 
 

Atribuições do policial rodoviário federal

 
Cabe ao policial rodoviário federal realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional.
 

Último concurso PRF

 
Em 2013, a Polícia Rodoviária Federal lançou edital de concurso com 1.000 vagas para policial. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e o processo seletivo constou de prova objetiva, exame discursivo, testes de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de títulos.
 
A prova objetiva apresentou 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa, matemática, noções de direito constitucional, ética no serviço público e noções de informática. Já em conhecimentos específicos as perguntas versaram sobre noções de direito administrativo, noções de direito penal, noções de direito processual penal, legislação especial, direitos humanos e cidadania, legislação relativa ao DPRF (Departamento de Polícia Rodoviária Federal) e física aplicada à perícia de acidentes rodoviários. 
 
Clique aqui e confira o edital do último concurso PRF.

Outras Notícias