Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 14/10/2016 08h59 - Atualizado em 14/10/2016 13h38

O cargo de especialista em desenvolvimento urbano, que a partir de 1º de abril, com a lei 16.414, passou a ser chamado de profissionais de engenharia, arquitetura, agronomia e geologia, teve o seu plano de carreira da categoria definido por meio do decreto 57.235, sancionado pelo prefeito Fernando Haddad. Com as mudanças, um novo concurso público deve ser autorizado em 2017.

 

Um concurso para o cargo já havia sido autorizado em 2015 para o preenchimento de 212 vagas. A Prefeitura de São Paulo chegou a contratar a Fundação Vunesp para ser a banca organizadora do certame, que acabou não ocorrendo devido ao processo de reestruturação da carreira.

A lei também aumentou o quadro de servidores, que passou de 2.007 para 2.034 profissionais, e alterou a estrutura de evolução funcional, para um servidor passar de uma categoria para a categoria posterior. Aqueles que desejam passar para o nível seguinte, devem contar com pelo menos 18 meses de atividade na categoria atual. No caso da promoção, além dos meses de exercício, é preciso apresentar títulos, certificados de cursos e atividades que visem ao aprimoramento e desenvolvimento de competências, institucionais e individuais relacionadas com a área e obter um mínimo de 600 pontos na avaliação de competências.

 

Carreira


O cargo exige que o candidato possua nível superior em engenharia, arquitetura, agronomia ou geologia e oferece vencimentos iniciais que contam com progressão salarial dividas em diferentes níveis e carga horária, de acordo com a evolução funcional dos aprovados.

Para jornada de 30 horas semanais, os vencimentos iniciais estão distribuídos nos valores de R$ 5.274,68; R$ 5.484,67; R$ 5.705,09, R$ 5.933,30; R$ 6.229,96; R$ 6.479,15; R$ 6.738,32; R$ 7.007,86; R$ 7.288,17; R$ 8.016,98; R$ 8.658,35; R$ 9.351,01; R$ 10.099,10; R$ 11.310,98; 12.215,86; e R$ 13.193,13.

Já para jornada de 40 horas semanais, os níveis são os seguintes R$ 7.032,90; R$ 7.314,22; R$ 7.606,78; R$ 7.911,06; R$ 8.306,61; R$ 8.638,87; R$ 8.984,43; R$ 9.343,81; R$ 9.717,56; R$ 10.689,31; R$ 11.544,46; R$ 12.468,01; R$ 13.465,46; R$ 15.081,31; R$ 16.287,82; e R$ 17.590,84.
 

blog

Outras Notícias