Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 01/10/2018 11h44 - Atualizado em 01/10/2018 14h21
Portaria autorizativa concurso para aluno oficial da PM-SP
 
Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM-SP) está autorizada a realizar mais um concurso público para o cargo de aluno oficial. O despacho com a autorização foi publicado no Diário Oficial da última sexta-feira, 28 de setembro (imagem ao lado).
 
O novo concurso será para preenchimento de 190 vagas, com oportunidades para candidatos do sexo masculino e feminino que, caso sejam aprovados, ingressarão no Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública (Curso de Formação de Oficiais – CFO), na Academia de Polícia Militar do Barro Branco.
 
Este é o segundo concurso para aluno oficial da PM-SP autorizado em 2018. O primeiro, que ainda está em andamento, é para preenchimento de 270 vagas e tem a Fundação Vunesp como organizadora, com o processo seletivo sendo composto por seis etapas: exames de conhecimento (provas objetiva e discursiva), exame de aptidão física, exame de saúde, exame psicológico, avaliação de conduta social e análise de documentos.
 
Após o anúncio da autorização do primeiro concurso de 2018, o edital foi publicado dois meses depois. Se esse prazo for mantido, o segundo edital deve ser publicado ainda este ano, com as aplicações das provas ocorrendo em 2019.
 

Aluno oficial da PM-SP

 
As exigências para concorrer a uma das vagas são o nível médio completo, altura mínima de 1,55m para mulheres e 1,60m para homens, idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos (exceto para o candidato pertencente aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo). A remuneração básica inicial para o cargo de aluno-oficial é de R$ 3.095,88, já incluindo vencimento básico de R$ 2.404,24 e adicional de insalubridade de R$ 691,64.
 
As atribuições do cargo de Aluno-Oficial PM são: gestão e comando de pessoas e análise e administração de processos, por intermédio da utilização ampla de conhecimentos na busca de soluções para os variados problemas pertinentes às atividades jurídicas e administrativas de preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos, além de outras definidas em lei, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do posto inicial de Oficial.
 
 
blog

Outras Notícias