Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 15/02/2016 16h52 - Atualizado em 08/11/2016 09h47
Concurso soldado PM-SP
Divulgação: SSP
 
 
O edital do concurso público para o cargo de soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM/SP) deve ser publicado nos próximos dias. O concurso já conta com a aprovação do governador Geraldo Alckmin, que, por meio de um despacho publicado no dia 31 de agosto no Diário Oficial do Estado (confira abaixo), autorizou a abertura de 5.400 vagas.

A expectativa é de que o primeiro edital divulgado seja para o preenchimento de 2.000 oportunidades, com o restante sendo reservado para um segundo processo seletivo, previsto para ocorrer no primeiro semestre de 2017.

Em 2015, Alckmin já havia autorizado uma seleção com 2.000 vagas para o cargo, porém, o pedido precisou ser atualizado devido ao grande número de aposentadorias, exonerações, desligamentos e ao atraso da realização de novos concursos, que gerou um aumento do déficit de servidores.

Após a lei que regulamenta concursos para soldado e oficial ser sancionada, a autorização era vista como o último entrave para que o concurso PM/SP ocorra.

DESPACHO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DA CIDADE de 31 de AGOSTO de 2016 - PÁG 1

No Prot. Geral GS-16.808-15 (CC-13.268-16), sobre autorização para a abertura de concurso público: “Diante dos elementos de instrução do processo, da exposição de motivos do Secretário da Segurança Pública e das manifestações das Secretarias de Planejamento e Gestão e da Fazenda, autorizo a Polícia Militar do Estado de São Paulo a adotar as providências necessárias para a abertura de concurso público, visando ao provimento, para o exercício de 2017, de 5.400 vagas de Soldado PM de 2ª Classe do Quadro de Praças, devendo ser observadas, por ocasião do provimento dos cargos, as disponibilidades orçamentário financeiras, e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”
 

Banca organizadora definida


Além de já possuir a autorização do governador do Estado de São Paulo, o concurso público da PM/SP também conta com a definição da banca organizadora.

Em uma publicação do Diário Oficial do dia 26 de outubro, foi divulgado que a Fundação Vunesp foi escolhida, através de uma dispensa de licitação, como a responsável pela organização do processo seletivo.
 

Concurso soldado PM/SP

 
O cargo de soldado conta com vencimentos de R$2.929,27, já incluso o adicional de insalubridade, no valor de R$571,51. A exigência é de ensino médio completo, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) entre as categorias “B” a “E” e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres, além de idade entre 17 e 30 anos. A seleção será constituída de prova objetiva, redação, testes físicos e testes psicológicos, além de investigação social, por se tratarem de órgãos da área de segurança.
 
A Central de Concursos oferece curso preparatório (presencial e on-line), com turmas iniciando, para o concurso soldado PM/SP 2016. Informe-se na unidade mais próxima.
 

Candidatos intensificam os estudos


Confira como está a preparação dos alunos da Central de Concursos para o concurso PM/SP:

“Fiz a primeira prova da PM há uns três anos, não estudei muito e vi que precisava. A segunda prova que fiz eu até passei, mas como jogava, fui para fora do país e abandonei o concurso. Agora quero prestar novamente e achei melhor estudar com um curso preparatório. Decidi prestá-lo por causa da estabilidade, principalmente, e porque tenho familiares e amigos que são policiais militares. Sobre as disciplinas, a minha dificuldade é Matemática, mas com o curso eu estou conseguindo entender melhor. Quando prestei para as outras provas, estudei por conta própria e a didática do professor é outra coisa, você consegue aprender mais. Estudo no curso de manhã e mais duas ou três horas em casa. É uma grande oportunidade e, se preparando bem, dá para conseguir uma vaga. Acredito que vou passar!”
Vinicius Batista da Silva, 22 anos

“Estou estudando há três meses pelo curso preparatório e estudo em casa também, normalmente de quatro a cinco horas por dia. O curso te dá o caminho e você tem que continuar. Não estou tendo dificuldade com as matérias, pois estou gravando tudo. Eu gravo os áudios das aulas e depois estudo em casa. Fiquei bem animado com o concurso após a autorização para 5.400 vagas. Estou estudando para passar, a ideia é essa. Pretendo prestar outros concursos da área militar também, como o da Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Prefiro que os editais demorem um pouco ainda, para que eu possa ter mais tempo para estudar. Para mim, se o edital saísse no meio do ano que vem seria ótimo”.
Vitor Nunes, 24 anos

“Eu sempre me preparei e aguardei a oportunidade certa para ingressar na Polícia Militar. Estou estudando pelo curso há uns dois meses. Antes eu tinha feito um curso online. Muitas coisas que caem no concurso eu já estudava antes da faculdade, estou fazendo o concurso mais para ter uma segurança de que vou passar. Fora o curso preparatório, estudo em média quatro ou cinco horas. As matérias são muito tranquilas, não tenho dificuldade. Para quem fez o ensino médio completo é muito tranquilo. Gostei da autorização para 5.400 vagas. Agora, é certeza de que conseguirei entrar. Não que antes eu não tivesse certeza. A gente estuda já com esse objetivo, você tem que ir com a expectativa, com o pé no chão e fazer sua parte. São 5.400 vagas que serão divididas em duas seleções de 2.700, e eu só preciso de uma delas”.
Janderson Lopes, 26 anos
 
 

 

blog

Outras Notícias