Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 13/01/2021 11h33 - Atualizado em 13/01/2021 12h40
Foto: Divulgação

O edital do novo concurso Ministério da Economia, autorizado em 6 de outubro, já pode ser publicado. Isso porque o último empecilho para a liberação foi superado nesta quarta-feira, 13 de janeiro, com a publicação, no Diário Oficial da União, do extrato do contrato com a banca organizadora, que será o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib). 

Embora a autorização do concurso previsse um prazo de seis meses para a publicação do edital, ou seja, até 6 de abril, normalmente os editais de concursos para contratos temporários do governo federal são liberados muito antes deste limite, o que tende a ocorrer com o concurso do Ministério da Economia, uma vez que, com o contrato, todos os trâmites burocráticos já estão encerrados.

LEIA TAMBÉM:


Ao todo serão oferecidas 100 vagas, para preenchimento em caráter temporário, para cargos com exigência de nível superior. Ainda será confirmado se haverá necessidade de formação específica para algum cargo. As remunerações iniciais devem variar de R$ 3.800 a R$ 6.130

Do total de postos autorizados, 48 são para o cargo de analista de prestação de contas, 4 para coordenador de análise de prestação de contas, 8 para agente de apoio de prestação de contas e 40 para analista de instauração de tomada de contas. As remunerações iniciais devem ser de R$ 3.800 para os analistas e R$ 6.130 para agente e coordenador. 

Concurso Ministério da Economia: veja a publicação da assinatura do contrato com a banca

EXTRATO DE CONTRATO Nº 76/2020 - UASG 170607 - DAL/ME

Nº Processo: 10199.107923/2020-27.

Dispensa Nº 42/2020. Contratante: DIRETORIA DE ADMINISTRACAO E LOGISTICA.

Contratado: 22.513.518/0001-61 - INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL BRASILEIRO -. Objeto: Contratação de serviços de instituição especializada para organizar e realizar processo seletivo simplificado para contratação, por tempo determinado, de 100 (cem) profissionais de níveis médio e superior, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, na forma da alínea "i" do inciso vi do art. 2° da lei n° 8.745, de 9 de dezembro de 1993, que serão prestados nas condições, quantidades e exigências estabelecidas no projeto básico.

Fundamento Legal: LEI 8.666 / 1993 - Artigo: 24 - Inciso: VIII. Vigência: 31/12/2020 a 31/12/2021. Valor Total: R$ 292.600,00. Data de Assinatura: 31/12/2020.

(COMPRASNET 4.0 - 07/01/2021).

Concurso Ministério da Economia: saiba como foi a última seleção

O último concurso Ministério da Economia para contratações temporárias ocorreu em 2020. Na verdade, foram dois processos seletivos realizados neste ano.  

O primeiro contou com uma oferta de 350 vagas, com oportunidades em cargos de nível superior, para atuação em projetos de transformação digital em serviços públicos.

Já um segundo edital contou com mais 39 vagas, com oportunidades para profissionais graduados em direito (37) e arquivologia (2), com salário inicial de R$ 6.130. 

Resumo do Concurso Ministério da Economia - temporários

Ministério da Economia
Vagas: 100
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Analista, Coordenador
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 3.800,00 Até R$ 6.130,00

*Com informações do JC Concursos
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias