Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 02/09/2020 09h54 - Atualizado em 02/09/2020 18h18
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Foram prorrogadas até as 18h de domingo, 6 de setembro, o período de inscrições para o novo concurso Ministério da Economia. Inicialmente, o prazo estava previsto para encerrar nesta quarta (2).

A seleção é destinada ao preenchimento de 350 vagas, para contratações em caráter temporário, com oportunidades para cargos de nível superior, para atuar em projetos de transformação digital em serviços públicos. 

LEIA TAMBÉM:


Para concorrer será necessário possuir formação na área de informática, computação ou graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em informática ou computação, com mínimo de 360 horas, além de experiência profissional superior a cinco anos em funções de tecnologia da Informação; ou título de mestrado ou doutorado na área. 

A distribuição das 350 vagas por cargos será a seguinte:

• Especialista em gestão de projetos (50 vagas);
• Especialista em infraestrutura de Tecnologia da Informação-TI (50);
• Especialista em ciência de dados (50);
• Especialista em segurança da informação e proteção de dados (50);
• Especialista em análise de processos de negócios (50);
• Especialista em experiência do usuário (50); e
• Especialista em desenvolvimento de software (50).

A remuneração inicial é de R$ 8.300, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.  

Para cada cargo serão 33 vagas para ampla concorrência, 3 para candidatos portadores de deficiência e 10 para candidatos negros

O prazo de duração dos contratos será de até quatro anos, com possibilidade do período ser prorrogado, desde que devidamente justificado, com base nas necessidades para a conclusão dos trabalhos.


Concurso Ministério da Economia: saiba como se inscrever

As inscrições do concurso Ministério da Economia poderão ser feitas somente pela internet, no site do Cebraspe, banca organizadora responsável pela seleção.

A taxa será de R$ 60 e deverá ser paga até o dia 18 de setembro.

Como serão as provas

O concurso Ministério da Economia contará com provas objetivas e análise de títulos. A aplicação das provas objetivas está marcada para ocorrer em 11 de outubro de 2020, com duração de três horas, no período da tarde.

A aplicação das provas será feita em Brasília (DF), São Paulo (SP), Belém (PA), Recife (PE), Florianópolis (SC) e Rio de Janeiro (RJ).  

A seleção contará com um total de 120 questões, sendo 50 de conhecimentos gerais e 70 de conhecimentos específicos.

Somente serão convocados para a segunda fase, análise de títulos, os melhores colocados dentro de um limite de 200 candidatos por cargo, sendo 150 para a ampla concorrência, 10 portadores de deficiência e 40 negros.

Os títulos contarão com limite de dez pontos na classificação final.

Resumo do Concurso Ministério da Economia

Ministério da Economia
Vagas: 350
Taxa de inscrição: R$ 60,00
Cargos: Técnicos de informática
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: R$ 8300,00
Organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

*Com informações do JC Concursos
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias